A partir de qual idade é indicado o uso de óculos escuros?

A partir de qual idade é indicado o uso de óculos escuros?

Atualizado: Quarta-feira, 27 Abril de 2011 as 11:06

Já é sabido que, antes de se expor ao sol, é importantíssimo usar   filtro solar   para proteger a pele dos raios solares. “Mas o que muitas pessoas não sabem é que os raios UV podem causar danos graves e irreversíveis também aos   olhos ”, explica o oftalmologista Virgilio Centurion, diretor do IMO, Instituto de Moléstias Oculares. De acordo com dados da   The Eyecare Trust , os olhos são dez vezes mais sensíveis à luz ultravioleta do que a pele.

Entre os principais   danos causados à visão   estão:  degeneração macular relacionada à idade  – principal causa da cegueira irreversível -, catarata, pterígio  e câncer de pálpebra. “Passar cinco horas ou mais, exposto ao sol, nos dias no verão, durante a adolescência e a idade adulta, pode aumentar em 50% o risco de desenvolver as doenças, posteriormente”, diz Virgilio.

Portanto, o ideal é usar continuamente os   óculos escuros , no verão e no inverno, por todas as pessoas: crianças, adolescentes, adultos e idosos. “Mesmo quando o dia está nublado, os raios ultravioletas penetram nos olhos”, alerta o oftalmologista.

Pessoas loiras e/ou de   olhos claros   devem se policiar ainda mais, já que a íris clara apresenta menor pigmentação e, por isso, é mais vulnerável. Ao contrário, a íris de cor escura consegue bloquear os raios UV com mais eficiência, mas não significa que pessoas com olhos escuros não devam se proteger. Já as crianças   compõem o grupo mais vulnerável, quando o tema é a exposição ao sol, pois seus olhos têm a pupila maior e lentes mais claras, permitindo que até 70% a mais de raios UV atinjam suas retinas.

Outra recomendação   eficaz ao se expor ao sol é usar um chapéu com abas largas, que pode reduzir pela metade, a quantidade de radiação UV que entra nos olhos. “Comer vegetais folhosos verdes, como espinafre e couve, feijão verde, milho e gemas de ovos também ajuda a proteger a vista, pois estes alimentos contêm luteína, substância que ajuda na filtragem da luz solar nociva que atinge o fundo do olho”, completa o oftalmologista Juan Caballero.  

veja também