Academia vira point da terceira idade

Academia vira point da terceira idade

Atualizado: Quarta-feira, 30 Setembro de 2009 as 12

A ideia de que a terceira idade só combina com tricô e controle remoto está mais para desenho animado e filme antigo do que para a realidade. Movimentos difíceis, pernas fracas e dificuldade em carregar peso ficaram para trás e não fazem mais parte do cotidiano de quem passou dos 60 anos. Prova disso é a nova aula criada pela academia Bio Ritmo. A Bio Master é uma aula especial para terceira idade, voltada para pessoas com mais de 60 anos. Ela é especialmente voltada aos idosos, que contam com aulas bem motivantes ,afirma Julia Michelin, professora da equipe de apoio da Bio Ritmo.

O programa é divido em aulas aeróbicas, de musculação e ginástica e respeita as limitações de cada aluno. O programa completo inclui aulas três vezes por semana, com 1h30 cada uma. Esteiras, bicicletas, aparelhos elípticos e de musculação integram o treino, além das aulas em grupo. São cinco alunos por professor, o que torna o programa individualizado , diz a especialista.

As aulas são reservadas para o público da terceira idade, mas pessoas que apresentam limitações de movimento também podem participar. A idéia inicial do programa é atender pessoas acima de 60 anos, mas também abrimos vagas para pessoas abaixo dessa faixa, mas que apresentem problemas de saúde e necessitem de um atendimento especial , ressalta a professora.

Juliana Michelin explica que as avaliações médicas e físicas, realizadas semestralmente, ajudam a formar os grupos e determinar o programa de treino. O programa é individualizado. Cada um terá seu treino de musculação de acordo com suas capacidades e limitações apontadas nas avaliações. Além disso, o aluno terá durante todo o tempo um professor para ajudá-lo e orientá-lo, evitando os exageros, diz.

Objetivo das aulas

A principal diferença do programa em relação aos treinos convencionais está ligada ao principal objetivo, que foge da conquista de um corpo sarado. As aulas voltadas para os idosos buscam desenvolver a autonomia para suas atividades diárias, melhorando todas as suas capacidades e, com isso, a autoestima, importantíssima para lidar bem com envelhecimento , diz a especialista.

De acordo coma professora a qualidade é a palavra-chave dessa nova modalidade. Os alunos que se matriculam nessas aulas podem esperar muita qualidade, seja em relação aos serviços apresentados pelo programa, pelos resultados e até mesmo para suas atividades do dia-a-dia .

Contra-indicação

Como o programa respeita as limitações de saúde e física, ele não possui contra-indicação. Mas é preciso uma autorização médica para ingressar nas aulas. A maioria dos alunos precisam realizar alguns exames antes de embarcar no programa. Mas tudo isso fica a critério do médico. Ele é responsável em apresentar as patologias, limitações e dificuldades , diz Juliana Michelin, professora da Bio Ritmo.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também