Alimentação pode determinar aumento de pelos no corpo

Alimentação pode determinar aumento de pelos no corpo

Atualizado: Sexta-feira, 9 Dezembro de 2011 as 8:27

Pesquisa realizada pela multinacional de pesquisa de mercado Mintel mostra que excessos de pelos no corpo é motivo de insatisfação com a aparência física, logo atrás das questões que envolvem excesso de peso.

Pois para quem compartilha dos mesmos temores, é bom saber que além de questões genéticas, hábitos alimentares também podem influenciar a quantidade de fios no rosto e no corpo.

Pessoas do Sul da Ásia e Mediterrâneo são algumas das que normalmente possuem mais pelos corporais, mas o consumo excessivo de bolos e biscoitos, dieta pobre em certos nutrientes e até mesmo remédios de uso comum podem estar entre as causas. O jornal inglês Daily Mail listou algumas delas:

Bolos e biscoitos Comer grandes quantidades de açúcar, carboidratos refinados, como bolos, bolachas e outras guloseimas, pode causar aumento de pelos corporais devido ao alto índice glicêmico dos itens que alteram a produção de insulina no corpo.

Como liberam grandes quantidades de açúcar rapidamente, o corpo precisa produzir insulina também de maneira rápida para normalizar esses excessos. Com o tempo, a insulina produzida torna-se ineficiente e o corpo precisa trabalhar ainda mais para dar conta do recado. Isso leva a outras consequências, como a maior produção de hormônios masculinos pelo corpo, como a testosterona, que pode gerar maior quantidade de pelos.

Ovários policísticos É uma das causas mais comuns para excessos de pelos nas mulheres. Estima-se que entre 10% e 15% em todo o mundo sofram do problema que tem, entre os sintomas, grande produção de hormônios masculinos. Nesses casos, a concentração de pelos se dá em regiões como queixo, buço, peito e entre as coxas.

Eczema Problemas de pele também podem estar associados ao aparecimento de maior quantidade de fios no corpo e rosto. Alguns deles são eczemas (infecções na pele) e psoríase. O motivo para isso é o aumento do fluxo sanguíneo em certas partes da pele, acelerando o crescimento dos pelos.

Testosterona em gel Alguns homens usam hormônios masculinos, como a testosterona em forma de gel, a fim de aumentar seus índices no corpo. Pois essa substância pode ser absorvida pelas mulheres por meio do contato corporal. Pode estar aí a causa para o aumento de pelos. Se uma mulher usar produtos semelhantes para tratamentos como da perda de libido também pode experimentar mudanças nas quantidades de fios. O problema pode ainda acontecer devido ao uso de produtos para impedir a queda de cabelos em homens e mulheres.

Anorexia É sabido que pessoas que sofrem do problema desenvolvem penugem no corpo, apesar de que as causas são desconhecidas dos médicos. Esteroides Remédios prescritos para tratamento de doenças como asma, artrite e outras inflamações normalmente contêm corticoides, uma versão sintética do hormônio cortisol que, se consumidos em longos períodos, como entre quatro e seis meses, podem causar aumento de peso e também crescimento exagerado de pelos no corpo. Isso é conhecido como Síndrome de Cushing.

Menopausa A redução nos níveis de hormônios femininos durante o período conhecido como menopausa fazem com que os masculinos passem a ser dominantes no corpo da mulher. Aumento de pelos faciais e de acne são comuns nesse cenário. Queixos e buço são as regiões mais propícias para aparecimento de mais fios.

veja também