Anvisa publica regras para os "genéricos" de drogas biológicas

Anvisa publica regras para os "genéricos" de drogas biológicas

Atualizado: Sexta-feira, 21 Outubro de 2011 as 9:42

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) publicou na quarta-feira (19) normas que servem de base para a cópia, o registro e a produção de medicamentos biotecnológicos no Brasil. O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, anunciou as regras durante evento da OMS (Organização Mundial da Saúde), no Rio de Janeiro. Esses produtos chamados de biológicos são criados a partir de organismos vivos. Os remédios não biológicos são feitos com moléculas sintéticas.

A medida é um estímulo ao ingresso da indústria nacional no mercado dos biológicos. As empresas poderão produzir versões similares de remédios cujas patentes tenham vencido. Os remédios biológicos, usados no tratamento de câncer, doenças inflamatórias e infecciosas, custam hoje muito mais do que os produtos sintéticos. No SUS, essas drogas são 1% da oferta de medicamentos, mas comprometem 34% do orçamento do Ministério da Saúde para compra de remédios.

Para Odnir Finotti, presidente da Pró Genéricos, associação das indústrias do setor, a publicação da norma é um passo importante. "Agora, o governo pode aumentar a oferta dos biossimilares, elevando a concorrência, mas mantendo a eficácia." Segundo Finotti, as empresas que produzem genéricos estão muito interessadas nesse novo mercado.

veja também