Anvisa quer reduzir quantidade de iodo no sal

Anvisa quer reduzir quantidade de iodo no sal

Atualizado: Terça-feira, 19 Julho de 2011 as 10:35

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) está propondo uma redução da quantidade de iodo no sal vendido no país. Dos 20 mg a 60 mg de iodo por quilo de sal exigidos hoje, os limites passariam a ser de 15 mg a 45 mg de iodo por quilo de sal.

A proposta da agência ficará em consulta pública por dois meses.

A adição de iodo ao sal é exigida pela Vigilância Sanitária para evitar problemas relacionados à falta do nutriente no corpo, como retardo mental grave, anomalias congênitas e bócio.

Mas, segundo a Anvisa, o excesso de consumo de iodo pode causar problemas na glândula tireoide, como a tireoidite de Hashimoto. A doença autoimune causa uma inflamação da glândula e leva a fadiga crônica, cansaço e ganho de peso.

A agência está recebendo sugestões à proposta colocada em consulta pública por meio do site http://formsus.datasus.gov.br/site/formulario.php?id_aplicacao=6545 .  

veja também