Aparentar ser mais velho do que a idade real não é sinal de pouca de saúde

Aparentar ser mais velho do que a idade real não é sinal de pouca de saúde

Atualizado: Segunda-feira, 8 Novembro de 2010 as 9:15

Embora ninguém goste de aparentar mais idade do que realmente tem, uma pesquisa feita no Hospital Saint Michael, em Toronto, mostrou que parecer ser mais velho do que a idade real não mostra necessariamente problemas de saúde.

Segundo Sthepen Hwang, professor da Universidade de Toronto, poucas pessoas sabem que quando os médicos descrevem os seus pacientes para outros especialistas frequentemente comentam se a pessoa parece ou não mais velha do que realmente é.

Para os pesquisadores, esse hábito parte do pressuposto de que pessoas que parecem mais velhas do que são têm saúde precária. O estudo do hospital Saint Michael, publicado no "Journal of General Internal Medicine", mostrou que isso nem sempre é verdade.

Os pesquisadores avaliaram 126 pessoas de 30 a 70 anos que fizeram consultas médicas. Questionários foram preenchidos para identificar objetivamente se os participantes tinham muitos problemas de saúde física ou mental.

Cada um dos participantes da pesquisa foi fotografado e as fotos foram apresentadas a 58 médicos, que deviam avaliar a aparência com a idade real da pessoa.

"Os médicos simplesmente assumiam que a sua rápida avaliação sobre a idade aparentada tinha valor de diagnóstico", conta Hwang. Mas a pesquisa mostrou que, em pessoas que pareciam até cinco anos mais velhas, esse dado não fazia diferença no estado de saúde geral.

A relação só apareceu em pessoas que pareciam ter pelo menos dez anos a mais do que a idade real.

veja também