As dúvidas do início da menopausa

As dúvidas do início da menopausa

Atualizado: Quinta-feira, 12 Junho de 2008 as 12

Sudorese noturna, alterações de humor, ondas de calor, esquecimento e até mesmo depressão. Estes são alguns dos sintomas que, para as mulheres, podem indicar o início de uma nova fase: a menopausa.

São muitas as pessoas que chegam ao balcão da farmácia com dúvidas sobre esse período de suas vidas e querem entender e aprender a lidar melhor com os desconfortos desse período.

De acordo com Ione de Oliveira, associada da Rede Hiperfarma do município de Palmeira (PR), é comum mulheres numa faixa a partir de 45 anos, procurarem na farmácia as primeiras orientações sobre os sintomas da menopausa. "O papel do farmacêutico é passar orientações, esclarecer dúvidas e conscientizar as mulheres da importância da consulta médica", explica Ione.

Além disso, orientações simples como os cuidados com a alimentação na chegada do climatério, podem contribuir muito para que os sintomas dessa fase da vida sejam atenuados. "Evitar o excesso de açúcar e gordura, por exemplo, diminui o risco de doenças cardiovasculares e o aumento na ingestão de cálcio minimiza a perda óssea", completa Ione.

Embora o processo que encerra a vida reprodutiva da mulher seja lento - a queda dos níveis de estrogênio pode produzir sintomas desagradáveis até 10 anos antes da última menstruação, mesmo de forma leve - mas em geral é partir dos 45 anos que seus efeitos começam a se fazer notar. A consulta médica pode alertar ainda se há ou não necessidade de reposição hormonal e se o paciente possui ou não alguma contra-indicação como doenças tromboembólicas, mioma uterino, câncer de mama, entre outros, evitando a auto-medicação desnecessária ou incorreta.

O que é?

Menopausa é uma parada no funcionamento dos ovários, quando eles deixam de produzir os hormônios estrógeno e progesterona. Não é uma doença, apenas um estágio na vida da mulher e geralmente ocorre entre os 45 e 55 anos.

Os principais sintomas do início deste período são: ondas de calor; suores noturnos; insônia; menor desejo sexual; irritabilidade; depressão; ressecamento vaginal; dores durante o ato sexual; e diminuição da atenção e da memória.

Postado por: Claudia Moraes

veja também