Atenção à baixa umidade do ar

Atenção à baixa umidade do ar

Atualizado: Quinta-feira, 5 Novembro de 2009 as 12

O forte calor registrado no decorrer desta semana em São Paulo e a brusca queda na umidade relativa do ar levaram o CGE (Centro de Gerenciamentos de Emergências) a decretar estado de alerta.

Na metrópole paulistana, a temperatura de 33ºC e a quantidade de vapor de água presente no ar em 16% dos 60% considerado normais são prejudiciais à saúde se algumas medidas de prevenção não forem tomadas.

A diminuição da umidade do ar causa ressecamento das mucosas podendo ocasionar sangramentos nasais, sensação de irritação nos olhos e lábios rachados, além de mal-estar em horários mais quentes.

A OMS classifica e alerta a população quanto aos índices de umidade do ar:

Estado de Atenção: entre 30% e 20%, a prática de atividades físicas em exposição ao sol e calor deixa de ser recomendada no período das 12 às 15 horas; Estado de Alerta: entre 20% e 12% as atividades físicas devem ser evitadas das 11 às 16 horas; Estado de Emergência: abaixo de 12% todas as atividades físicas devem ser suspensas, inclusive nas escolas, clubes e academias. Em todos os casos é recomendada a ingestão de líquidos e a utilização de métodos que recompensem a evaporação natural, proporcionando um ambiente mais úmido e agradável como estender uma toalha molhada ou colocar algum recipiente com água nos locais fechados. (Dica: faça isso em seu quarto na hora de dormir). Postado por: Felipe Pinheiro

veja também