Auditoria em Odontologia: uma nova carreira

Auditoria em Odontologia: uma nova carreira

Atualizado: Segunda-feira, 3 Agosto de 2009 as 12

Hoje, no Brasil, cerca de 50 milhões de pessoas têm plano de saúde. Destas, 11,2 milhões têm planos odontológicos. Segundo dados da ANS, Agência Nacional de Saúde Suplementar, a maior parte dos beneficiários de planos odontológicos está no Sudeste, com destaque para as regiões metropolitanas de São Paulo e Rio de Janeiro, que juntas, representam mais de 30% desse segmento. Outras cidades que se destacam neste setor são Salvador, Belém e Curitiba. O setor, formado por 493 operadoras de planos de saúde, é hoje sustentado pela carteira de clientes corporativos. Dados do Sinog - do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo - dão conta de que cerca de 85% dos planos são contratados de forma coletiva.

"Com a consolidação do setor de saúde suplementar e a expansão dos planos odontológicos, uma nova carreira foi aberta para o cirurgião-dentista, a do auditor odontológico. Acompanhando as tendências deste novo mercado, abrimos um Curso de Auditoria em Odontologia para preparar adequadamente o cirurgião-dentista a prestar serviços para os planos de saúde odontológicos", afirma o  Prof° Dr. Alênio Calil Mathias, membro do conselho diretivo do CETAO, Instituição de Ensino Superior – Extensão e Pós-Graduação em Odontologia.

Dentre as atribuições do auditor da área odontológica estão a análise do plano de tratamento proposto pelo cirurgião-dentista credenciado, o acompanhamento e a análise da documentação odontológica, verificando sua consistência, indicação e ocasião da realização do tratamento. "O objetivo do auditor é equilibrar esta equação de saúde, observando os procedimentos autorizados pelas operadoras, conforme o plano contratado, visando sempre compatibilizar a preservação da saúde dental e sistêmica do paciente com o que de melhor o plano oferece. Caso haja algum questionamento em relação ao que foi determinado pelo dentista que atende o beneficiário, o problema é discutido com o auditor odontológico", explica o Prof. Elias Cecílio Neto, coordenador do Curso de Auditoria em Odontologia do CETAO.

Habilidades de comunicação e de negociação são essenciais para este profissional e devem ser aprimoradas, porque na auditoria odontológica, a interação com pacientes, com especialistas de ponta e com outros colegas de profissão é muito maior. "Este profissional também deve estar inteirado sobre as novidades em procedimentos e técnicas odontológicas, deve conhecer a legislação da área, ter conhecimentos básicos de estatística, informática e gestão empresarial para fazer o controle e a previsão do mercado e saber transmitir estes dados à diretoria da empresa", diz o  Prof. Elias Cecílio Neto.

"Durante o Curso de Auditoria em Odontologia, procuramos transmitir aos alunos nossa visão e experiência prática sobre a profissão. É preciso um conhecimento mais profundo das diversas especialidades, atualização constante, ética, compromisso legal e administrativo para se fazer auditoria odontológica com qualidade", afirma Neto.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também