Automedicação aumenta risco de infecções

Automedicação aumenta risco de infecções

Atualizado: Quinta-feira, 1 Abril de 2010 as 12

Pessoas habituadas a tomar medicamentos por conta própria fazem com que alguns desses micróbios desenvolvam resistência aos remédios, dificultando o tratamento.

Os germes vivem em todo lugar: no organismo de animais, no ar, nos alimentos, nas plantas, na água ou em qualquer outra superfície, incluindo nosso próprio corpo. "As bactérias estão por toda parte, já que na maioria das vezes não precisam de um hospedeiro para se subdividir. Mas nem todas são prejudiciais. Apenas 1% das bactérias oferece riscos. Já os vírus não são autossuficientes como as bactérias e precisam da célula do hospedeiro para se reproduzir", diz o infectologista Marcelo Mendonça.

Segundo o médico, geralmente ocorre infecção quando bactérias ou vírus contaminam uma pessoa e passam a se multiplicar até causar danos às células. Depois, os sinais e sintomas da doença se manifestam. "É nesse ponto que o sistema imunológico entra em ação para se livrar do que está causando a infecção. Por exemplo, a febre e a coriza são reações contra o vírus da gripe. Quem adere aos tratamentos de forma apropriada reage melhor ao tomar medicamentos para combater a infecção e os demais sintomas, ao contrário daqueles que ingerem anti-inflamatórios e antibióticos como se fosse chá quente".

O doutor Marcelo Mendonça diz que, além de estar em dia com as vacinas e seguir rigorosamente o tratamento prescrito pelos médicos, uma boa forma de prevenir doenças é lavar as mãos apropriadamente. Aqui estão cinco dicas importantes:

1. Lave as mãos frequentemente - e sempre depois de usar o banheiro, trocar fraldas ou ter contato com animais de estimação;

2. Lave as mãos, também, antes de começar a cozinhar ou comer;

3. Enxágue primeiro as mãos e depois use o sabonete e uma esponja;

4. Esfregue as mãos por 15 segundos, pelo menos, fazendo com que uma limpe a palma e o dorso da outra, o pulso e as unhas;

5. Enxágue bem as mãos, secando-as em seguida. Lembre-se: água e sabão podem ser a solução.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também