Bacon na dieta?

Bacon na dieta?

Atualizado: Terça-feira, 18 Outubro de 2011 as 8:50

Os adeptos da alimentação saudável que nos desculpem, mas nada como uma fatia de bacon para transformar qualquer prato numa experiência gastronômica verdadeiramente prazerosa. Mas a questão é que, por mais que apreciemos um x-bacon ou, para os mais finos, um medalhão, temos que reconhecer que aquele pedacinho do porco, cuja composição é 80% gordura, está longe de ser bom para o coração ou para a cintura.

Antes de riscarmos a adorada peça suína da lista do supermercado, conversamos com duas nutricionistas para saber quão perigosa ela é para nossa saúde.

Valor nutricional A nutricionista Priscila Di Cero não apresenta boas notícias: “O bacon é basicamente fonte de gorduras saturadas, aquelas que, em excesso na dieta, acarretam aumento do colesterol, de peso e de risco para desenvolvimento de problemas cardiovasculares”.

Mas, calma! A Dra. Fernanda Pisciolaro, membro da ABESO (Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica), lembra que cada 100g de bacon tem 445 kcal, o que é muito, mas ninguém come 100g de bacon numa refeição. “Esse alimento só se torna hipercalórico se consumido em grande quantidade e a maioria das receitas usa quantidades moderadas do produto, pelo sabor forte".

Forma de preparo. Faz diferença? Não, não faz diferença fritar, assar, cozinhar. Mas se for para comer frito, aproveite a própria gordura do bacon, adicionando apenas um pouco de água à frigideira. Isso mesmo! “Frite” o bacon na água. Assim você só consome a gordura do bacon. Quando frita o bacon em óleo, você está acrescendo mais gordura ao alimento, aumentando ainda mais o valor calórico.

Digestão A digestão da gordura é iniciada no estômago, mas a parte principal ocorre no intestino delgado e esse processo dura de 4 a 5 horas, o que também depende do metabolismo da pessoa e da quantidade de gordura ingerida.

Mas, afinal, pode ou não pode? Uma pessoa que consome esporadicamente, uma vez por mês ou menos, pode comer sem se preocupar com a quantidade. Mas se você não abre mão do bacon na sua dieta, recomenda-se o consumo de até uma vez por semana, em quantidade moderada - no máximo 20g.

veja também