Banco Mundial empresta US$ 485 mi para projetos de saúde e educação no Rio

Banco Mundial empresta US$ 485 mi para projetos de saúde e educação no Rio

Atualizado: Quarta-feira, 3 Fevereiro de 2010 as 12

No title O Banco Mundial anunciou nesta terça-feira, 2, um empréstimo de US$ 485 milhões (cerca de R$ 890 milhões) ao Rio de Janeiro com o objetivo de melhorar a administração fiscal, a saúde e a educação.

O dinheiro financiará o projeto de política de sustentabilidade fiscal, desenvolvimento humano e competitividade do Estado, que pretende enfrentar os efeitos da crise mundial. Cerca de 44% dos empregos no Rio de Janeiro são informais, segundo comunicado. Na capital do Estado, as favelas crescem três vezes mais rápido do que a população.

O plano permitirá "consolidar as oportunidades e conquistas nos próximos anos, especialmente para a Copa do Mundo de 2014 e para os Jogos Olímpicos de 2016", considerou o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral.

Segundo o diretor para o Brasil do Banco Mundial, Makhtar Diop, o empréstimo "permitirá ao governo do Rio cuidar de gastos prioritários, reforçar a disciplina fiscal e melhorar os programas de saúde e educação para fornecer melhores serviços".

Desde 1952, o Banco Mundial investiu US$ 2 bilhões (cerca de R$ 3.6 bilhões) em programas no Rio de Janeiro. Atualmente, há seis projetos do banco no Estado, em áreas de transporte, desenvolvimento e meio ambiente.

veja também