Baropodometria: novo conceito terapêutico

Baropodometria: novo conceito terapêutico

Atualizado: Sexta-feira, 9 Setembro de 2011 as 10:32

Pesquisas apontam que 90% da população mundial sentem ou sentirão dor na coluna em algum momento vida. O que pouca gente sabe é que isso pode estar ligado às alterações que os pés sofrem com o passar dos anos.

De acordo com a fisioterapeuta Lilian Maia, da Clínica Saúde Ativa - em Brasília, há uma via de mão dupla entre a postura e os pés, ou seja: tanto os problemas posturais afetam os pés, como a pisada incorreta pode desencadear problemas sistêmicos.

Para a especialista, uma das boas notícias é baropodometria - um novo conceito terapêutico que, apesar de ter nome curioso, é de simples aplicação. “A técnica consiste na reeducação postural através do uso de palmilhas personalizadas e de alta tecnologia. Por meio de avaliação postural clínica, anamnese, teste de equilíbrio, análise de rotação, nivelamento da bacia e tensão da musculatura paravertebral, é possível prescrever as palmilhas específicas para a necessidade do paciente”, explica Dra. Lilian.

As palmilhas podem ser usadas por todos - mesmo crianças, idosos e atletas - e em qualquer tipo de calçado - inclusive tênis de corrida e sapatos de salto. “Posicionadas entre o pé e o sapato, elas reduzem o pico de pressão e distribuem a força de reação do solo por toda a região plantar, aumentando a eficiência do controle postural durante a posição ereta, na caminhada, na corrida ou na atividade ocupacional”, descreve. O paciente fica, em média, 45 dias com a palmilha, que deve ser usada entre 04 a 12 horas por dia. Após esse período, ele retorna ao fisioterapeuta para avaliação.

Fabricada com tecnologia europeia, a palmilha postural absorve os impactos sobre os calcanhares, as articulações dos membros inferiores e a coluna vertebral. “Por isso são também recomendadas para indivíduos com dor nos pés, tornozelos, pernas, joelhos, quadris e na coluna vertebral, sobrepeso e disfunção circulatórias nos membros inferiores”, afirma Dra. Lilian.

A baropodometria orienta o corpo para seu centro gravitacional correto. As palmilhas confeccionadas com estruturas de borracha diferenciada no formato e na densidade em determinadas áreas da superficie plantar ajustam os estímulos neurológicos, com fornecimento de informações incoscientes ao sistema nervoso que, por sua vez, produz o reequilibrio postural e corrige as assimetrias. “O tratamento é rapido e seguro", finaliza a especialista.

veja também