Barrinha de cereal gelada manda a fome embora

Barrinha de cereal gelada manda a fome embora

Atualizado: Quarta-feira, 10 Março de 2010 as 12

De barra, ela só tem o nome. O lançamento da Tutti Soia, é uma barrinha de cereais gelada e, tal qual os picolés vem no palito. Esta novidade precisa, portanto, ser conservada no freezer e consumida gelada. A nutricionista do Dieta e Saúde, Roberta Stella avalia a novidade. Além do sabor de açaí com chocolate, o produto está disponível nas versões cupuaçu com chocolate, cajá com manga, morango, morango com chocolate, açaí e maracujá. Outra característica é que o chocolate da barra é feito à base de soja, que é um produto sem lactose e indicado para pessoas com intolerância ou alergia a essa substância.

Na primeira mordida, é possível perceber que a massa é rica em granola, o que faz com que tenha uma boa quantidade diária de fibras (17%). A nutricionista Roberta Stella aprova a escolha do mix de cereais. "Ela é fonte de energia por ser rica em carboidratos. Além disso, é rica em fibras que auxiliam no bom funcionamento do intestino e dão maior sensação de saciedade", explica.

A engenheira de alimentos da marca Tutti Soia, Lilian Rodrigues, conta o que pesou na hora da elaboração do produto, inédito no mercado: "Queríamos desenvolver um produto nutritivo, gostoso e refrescante. As barrinhas tradicionais costumam ser secas e precisam ser consumidas com líquidos. Outra diferença é que a nossa barra não leva flocos de arroz, rico em amido", afirma a engenheira.

Para os intervalos das refeições

O produto pode ser uma boa opção de lanchinho entre uma refeição e outra, pois a granola ajuda a matar a sensação de fome e o açaí tem boas quantidades de energia. Entretanto, Roberta indica: "O ideal é evitar o consumo frequente (ou seja, evite ingerir todos os dias), utilizando outros alimentos para o lanche intermediário (como frutas e iogurtes), tendo em vista que a barra contém chocolate com soja, além de gordura de palma, dois ingredientes que fornecem gorduras em uma quantidade diária considerável (14%).

Mais um ponto positivo: a barrinha fornece 43% da quantidade necessária de manganês. Se este mineral estiver em baixa no seu organismo, pode causar perda excessiva de peso, náuseas, vômitos, disfunções de fertilidade, no pâncreas e no metabolismo de carboidratos.

Para quem faz atividade física, uma dica é consumir a barrinha entre uma hora e meia à uma hora antes de começar a se exercitar, devido à quantidade de carboidratos, que te ajudarão a ter disposição para encarar o treino.

E para quem faz dieta? O produto está liberado, mas segundo a nutricionista, "é um alimento que apresenta uma quantidade mediana de gorduras, mas pode ser utilizado por pessoas que estão seguindo uma alimentação para redução de peso. A qualidade da alimentação é dada não somente por um alimento, mas pela combinação de todos os alimentos consumidos no dia."

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também