Brasil deve ter 500 mil novos casos de câncer até o fim deste ano

Brasil deve ter 500 mil novos casos de câncer até o fim deste ano

Atualizado: Sexta-feira, 4 Fevereiro de 2011 as 8:38

O Dia Mundial do Câncer, instituído em 2005 pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), é comemorado todo dia 4 de fevereiro com apoio do Inca (Instituto Nacional de Câncer). A data tem como objetivo chamar a atenção das nações, lideranças governamentais, gestores de saúde e do público em geral para o aumento dos casos de câncer no mundo.

Mais de 12, 7 milhões de pessoas são diagnosticadas todo ano com câncer e 7,6 milhões de pessoas morrem vítimas da doença. No Brasil, são esperados, somente para 2011, quase 500 mil novos casos. Se não forem tomadas medidas de longo e largo alcance, haverá 26 milhões de casos novos e 17 milhões de mortes por ano no mundo em 2030, sendo que 2/3 das vítimas ocorrerão nos países em desenvolvimento, segundo o Inca.

O câncer de maior incidência no Brasil é o de pele, do tipo não melanoma, que corresponde a 23% do total de casos. Nos homens, os cânceres mais frequentes são de próstata (29%), pulmão (10%) e estômago (8%). Entre as mulheres, o de mama (26%), colo do útero (10%) e intestino (8%).

Conferência

No centro das ações programadas para o Dia Mundial do Câncer deste ano está a mobilização em torno da conferência de cúpula da Organização das Nações Unidas/ONU sobre Doenças Não Transmissíveis (cardiovasculares, diabetes, respiratórias) e Câncer, planejada para 19 e 20 de setembro de 2011. Será a terceira vez que o tema saúde terá destaque na Assembleia Geral da ONU - a última foi na década de 80 para discutir a Aids – o que dá a dimensão da importância dessas doenças e será uma excelente oportunidade para que o câncer seja incluído como prioridade na agenda do desenvolvimento global.

veja também