Brasileiros se veem mais gordos e gastões com comida, diz pesquisa

Brasileiros se veem mais gordos e gastões com comida, diz pesquisa

Atualizado: Terça-feira, 6 Julho de 2010 as 8:45

Nos últimos seis meses, dois quintos dos brasileiros aumentaram seus gastos com comida e bebida e 33% dizem estar mais pesado do que no ano anterior. Essas são informações de uma pesquisa realizada em seis países da Tora (The Oxford Reserch Agency). O aumento do consumo destes alimentos no Brasil só é menor do que na China, onde 48% das pessoas afirmam gastar mais com comida e bebida do que há seis meses.

Para o brasileiro, comer mais significou aumento de peso. Cerca de 33% deles disse que engordaram entre um ano e outro– o maior porcentual entre os seis países pesquisados. Apenas 18% afirmaram ter emagrecido durante o período. O consumo de fast food pode ser um indicador do ganho de peso.

Ainda segundo a pesquisa, 25% dos brasileiros afirmam consumir comidas industrializadas frequentemente, quase igual a média americana, de 28%. Neste quesito a França surpreende com a primeira colocação, quando 36% afirmaram que abusam do fast food.

Diante disso, a pesquisa aponta que 45% dos entrevistados brasileiros disseram ter feito dieta no último ano, ainda menos do que os chineses, que totalizou 54% dos entrevistados.

Quanto ao tempo de exercícios semanais, os brasileiros gastam 2,24 horas semanais, abaixo da média de 2,75 horas dos outros seis países.

Pela pesquisa, alguns países mostram a queda no consumo de comida e bebidas. Nos Estados Unidos (48%), Reino Unido (45%), França (29%). A exceção é a Alemanha, onde 25% disseram ter aumentado e 21% diminuído.

veja também