Bruxismo está associado à falta de habilidade em lidar com problemas estressantes

Bruxismo está associado à falta de habilidade em lidar com problemas estressantes

Atualizado: Sexta-feira, 12 Março de 2010 as 12

Pessoas estressadas com problemas diários podem ranger os dentes à noite (o chamado bruxismo noturno). Um estudo publicado no periódico Head & Face Medicine estudou as causas do bruxismo noturno e afirma que a condição é bastante comum naqueles indivíduos que lidam com o estresse tentando evitar situações de enfrentamento.

Maria Giraki, da Universidade Heinrich-Heine, na Alemanha, trabalhou com um time de pesquisadores, estudando o bruxismo noturno. "O bruxismo pode levar à abrasão dental, perda de saliências nos dentes e causar sensibilidade nestes, além de dores nos músculos do maxilar, responsáveis pela mastigação. As causas não são exatamente conhecidas, mas o estresse com certeza é um fator que contribui para a condição", diz.

Os pesquisadores também afirmam que o bruxismo não tem associações com idade, sexo ou nível educacional, mas é mais comum em pessoas que interagem com ambientes de trabalho (o que levaria a lidar com mais problemas durante o dia e consequentemente a ter reações adversas, entre elas o bruxismo noturno).

A partir da medição do nível e constância do bruxismo e comparando com a evolução desses indivíduos em programas que ensinavam estratégias de enfrentamento para lidar com o estresse, os pesquisadores chegaram à conclusão de que as pessoas com maiores problemas para lidar com as situações estressantes durante o dia também pareciam preferir "escapar" dos problemas, e isso quase sempre leva ao aumento do ato de ranger os dentes durante o sono. "Essa fuga aumenta a sensação do estresse, em vez de contribuir para resolver as situações", diz Maria.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também