Buscar um clima de descontração no escritório, ajuda a ter foco e desempenho nas atividades

Ouvir música no trabalho aumenta desempenho e foco, diz os especialistas

Atualizado: Quinta-feira, 7 Fevereiro de 2013 as 3:31

 

Trabalhar com um colega xingando ao telefone, discutindo com uma impressora que não funciona ou conversas paralelas, sabe que é impossível ter concentração para desempenhar suas atividades. Alguns trabalhadores adotam o uso dos fones de ouvido, apreciando uma bela canção para não perder o foco. E isso dá certo!
 
Segundo o doutor Amit Sood, médico da Clínica Mayo em Rochester, Minnesota, ouvir música incentiva a liberação de dopamina na área de recompensa do cérebro, o mesmo que comer uma guloseima ou sentir um aroma agradável.
 
São muitos os que tendem a ter a mente vagando. "Na maior parte desse tempo, estamos nos concentrando nas imperfeições da vida.", explica Amit. A música pode nos trazer de volta ao momento presente.
 
Já a pesquisa de Teresa Lesiuk, que é professora e assistente no programa de terapia musical da Universidade de Miami, concentra em como a música afeta o desempenho no local de trabalho. Em um estudo com especialistas em informática, ela descobriu que os que escutavam música terminavam suas tarefas mais rápido e tinham melhores ideias porque a música melhorava seu estado de espírito.
 
"Quando você está estressado, pode tomar uma decisão apressada. Você tem um foco de atenção muito estreito", disse. "Quando você está com o espírito positivo, consegue avaliar mais opções.", ressalta Teresa.
 
A doutora descobriu que as pessoas em trabalhos de qualificação moderada se beneficiavam mais, enquanto as especializadas viam pouco ou nenhum efeito. Alguns novatos achavam que a música causava distração.
 
Algumas empresas têm restrições para escutar música enquanto trabalha. O vice-presidente da agência de recursos humanos Robert Half Technology, Paul Flaharty, disse que alguns supervisores suspeitam que os trabalhadores que usam fones de ouvido
não estão totalmente dedicados.
 
Segundo a recomendação dos especialistas, é preciso estabelecer limites. Basta apenas 30 minutos ouvindo música e logo irá recuperar a concentração.
 
 
Com informações de: Folha de S.Paulo

veja também