Butantan produz pela 1ª vez um soro contra veneno de abelhas

Butantan produz pela 1ª vez um soro contra veneno de abelhas

Atualizado: Terça-feira, 6 Julho de 2010 as 2:21

O Instituto Butantan produziu pela primeira vez um soro contra o veneno de abelhas. É uma descoberta importante porque, só neste ano, três pessoas morreram no estado de São Paulo por causa de ataques de abelhas. A última vítima foi um homem que morreu no dia 28 de junho em Tarumã, no interior de São Paulo, após levar mais de 300 picadas de abelhas.

Esse novo soro precisa ser aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), mas é importante o passo que foi dado. A bióloga Keity Souza diz que todos os testes tiveram uma resposta satisfatória para neutralizar o veneno de abelha. "O que a gente faz agora é pegar todos esses testes com os resultados, mandar para a Anvisa e eles vão avaliar se os testes foram suficientes para esse soro ser aprovado”, conta. É importante ressaltar, no entanto, que o soro não resolve casos de alergia à picada da abelha.

veja também