Campanha contra diabetes

Campanha contra diabetes

Atualizado: Quinta-feira, 2 Julho de 2009 as 12

Todas as pessoas, independente da idade, devem controlar o nível de glicose (açúcar) no sangue para preservar sua saúde, é o que alerta a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM). Recentemente, a SBEM-RJ lançou uma campanha para esclarecer que o problema não controlado pode causar complicações no coração, olhos, rins e pés.

O nível normal de glicose em jejum deve ser igual ou menor que 99mg/dL, podendo ser considerado pré-diabetes quando a taxa encontra-se entre 100 e 125mg/dL. Quando o índice supera 125mg/dL, o paciente é considerado diabético. Entretanto, é aconselhável que se faça um novo exame para confirmar o diagnóstico.

Em todo o mundo, pelo menos 245 milhões de pessoas têm diabetes. No Brasil, as autoridades de saúde estimam que cerca de 5 milhões de pessoas possuam a doença, incluindo os diagnosticados e os não diagnosticados.

De acordo com a presidente da SBEM-RJ, Drª Vivian Ellinger, um impasse é a recusa de muitos pacientes em aceitar o diagnóstico por associar o aumento do nível de açúcar com fatores externos. "Comentários como 'a taxa de açúcar do meu organismo é emocional' ou 'o açúcar do meu sangue subiu porque eu comi muito doce' são motivo de preocupação. Se a glicose subiu é porque o organismo não tem capacidade de metabolização adequada e estas elevações podem causar sérios danos à saúde; por isso, é doença: diabetes", explica.

Os sintomas da diabetes são: cansaço, perda de peso, muita sede, necessidade frequente de urinar, dormência nos pés e visão turva. Entretanto, é possível estar com a glicose alta e não sentir essas manifestações. Estima-se que cerca de 50% das pessoas possuem a doença e não sabem, daí a importância de realizar exames de sangue de rotina.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também