Cardápio rico em nutrientes e bons hábitos ajudam a melhorar a acne

Cardápio rico em nutrientes e bons hábitos ajudam a melhorar a acne

Atualizado: Terça-feira, 8 Dezembro de 2009 as 12

Na adolescência, meninos e meninas estão sujeitos a encarar algumas mudanças que mexem com sua auto-estima e causa constrangimento na hora de se relacionar com as pessoas. A acne, uma dermatose inflamatória que se desenvolve nos folículos pilossebáceos, é considerada uma das mais incômodas.

Esta doença de pele, muito frequente na adolescência, pode deixar cicatrizes que acompanharão garotos e garotas por um bom tempo, afetando seu lado emocional por não ser agradável esteticamente.

A mudança nos hábitos alimentares pode ajudar a diminuir a acne nos adolescentes. Segundo estudo publicado recentemente pela ?BMC Public Health? - especializada em aspectos epidemiológicos e saúde pública - um cardápio rico em carboidratos refinados e açúcar pode piorar o quadro de acne para quem já tem predisposição à doença. Por exemplo, adolescentes que não tem o hábito de ingerir frutas, verduras e legumes, e em contrapartida consomem altas quantidades de alimentos ricos em farinha refinada, chocolate, produtos industrializados em geral, costumam ter uma pele pior do que aqueles que mantém um cardápio balanceado.

Estes alimentos possuem um alto índice glicêmico (IG) e são responsáveis por aumentar as taxas de glicose no sangue e também a produção de insulina, a qual em excesso aumenta a taxa de gordura corporal causando um desequilíbrio orgânico.

De acordo com a nutricionista do Programa de Saúde do Adolescente da Secretaria Estadual do Governo de São Paulo, Elaine Rocha de Pádua, "na prevenção e tratamento da acne, o consumo de alimentos com poder antioxidante é fundamental. Para ter pele bonita, todos nós devemos consumir com moderação, alimentos industrializados com alto teor de conservantes, corantes, aromatizantes e sal, além de tomar cuidado com frituras e embutidos."

Cardápio regulado

Os adolescentes devem incluir no cardápio alimentos com poder antioxidante rico em Vitaminas C e Betacaroteno, entre eles a goiaba, salsinha, pimentão, acerola, brócolis, tomate, mamão, cenoura e abóbora. Também precisam consumir minerais como o Zinco, com ação antiinflamatória encontrado na semente de abóbora, de girassol, aveia, peixes, frutos do mar, ovos, entre outros.

A nutricionista alerta ainda, para a importância de outras vitaminas e minerais como o Cromo que diminui a resistência à insulina; a Vitamina B6 - auxilia no equilíbrio do metabolismo hormonal; Vitamina B2 - controla a oleosidade da pele e a Clorofila, um néctar da natureza, que promove a desintoxicação melhorando o funcionamento do fígado e do intestino, encontrada na couve manteiga, brócolis, rúcula, agrião, hortelã, salsinha, almeirão e catalônia.  

veja também