Carro terá banco que detecta infarto

Carro terá banco que detecta infarto

Atualizado: Sexta-feira, 27 Maio de 2011 as 11:30

Um banco de motorista capaz de monitorar o comportamento cardíaco de quem está ao volante está sendo desenvolvido pela Ford. O estudo foi divulgado nesta semana.

Seis eletrodos espalhados pelo banco funcionam como eletrocardiógrafos. O sistema é capaz de monitorar frequência, pressão e batimentos cardíacos do motorista enquanto o veículo está ligado. Segundo a Ford, o novo banco pode detectar um ataque cardíaco ou outro problema cardiovascular durante o trânsito, evitando acidentes. A montadora agora estuda como integrar o sistema ao MyFord Touch, que controla funções do veículo e de entretenimento, para compartilhar informações sobre a saúde do motorista e, por exemplo, avisar aos ocupantes no monitor instalado no painel.

Outro estudo motivou a Ford a iniciar o projeto. De acordo com a União Europeia, até 2025, 23% da população do continente terá, no mínimo, 65 anos. Em 2050, essa faixa etária, a mais propensa a problemas cardíacos, pode chegar a 30%.

Não há previsão de quando o "banco cardiologista" será oferecido nos veículos da marca. O projeto é desenvolvido na filial da Ford na Alemanha, desde 2009.  

veja também