Cepa da E.coli já foi detectada em humanos antes, diz OMS

Cepa da E.coli já foi detectada em humanos antes, diz OMS

Atualizado: Sexta-feira, 3 Junho de 2011 as 11:41

A cepa da bactéria Escherichia coli (E.coli) que matou 18 pessoas na Europa já havia sido detectada em humanos anteriormente, ainda que alguns pesquisadores tenham afirmado o contrário, informou a Organização Mundial de Saúde (OMS). "A cepa que foi detectada na Alemanha é muito rara. Já é conhecida entre humanos, mas é a primeira vez que foi identificada em um surto", afirmou Fadela Chaib, porta-voz da agência de saúde da Organização das Nações Unidas (ONU).

Os comentários da porta-voz da OMS surgem depois que um grupo de pesquisadores em Hamburgo, na Alemanha, descobriu, com a ajuda de especialistas chineses, que a cepa da E.coli é um "novo tipo", extremamente agressivo e resistente a antibióticos. Ela se recusou a fazer comentários diretos sobre a pesquisa, mas indicou que os especialistas em saúde da organização podem abordar a questão ainda hoje.

A E.coli entero-hemorrágica pode causar diarreia sanguinolenta, bem como a síndrome hemolítico-urêmica (HUS), uma doença renal que pode levar à morte. Cerca de 500 pessoas contraíram a HUS. Dos 18 óbitos relatados, 17 ocorreram na Alemanha. As informações são da Dow Jones.

Gabriela Mello

veja também