Cerca de 15% das crianças na pré-escola têm depressão, alertam especialistas

Cerca de 15% das crianças na pré-escola têm depressão, alertam especialistas

Atualizado: Quarta-feira, 2 Setembro de 2009 as 12

Um estudo que reuniu especialistas canadenses, americanos, irlandeses e franceses indica que a depressão e a ansiedade afetam até 15% das crianças na pré-escola. Publicada no Journal of Child Psychology and Psychiatry, a pesquisa mostrou também que as crianças que apresentam esses problemas têm maior probabilidade de ter mães com histórico de depressão.

Os pesquisadores avaliaram, anualmente, mais de 1,7 mil estudantes da pré-escola nascidos na cidade de Quebec, no Canadá, e as informações passadas pelas mães. E descobriram que, já com um ano de idade, há indicações de quais crianças têm maior risco de desenvolver altos níveis de ansiedade e depressão no futuro. "Um temperamento difícil aos cinco meses e um histórico de depressão maior na mãe foram os mais importantes preditores de depressão e ansiedade em crianças", destacou a pesquisadora Sylvana M. Côté, da Universidade de Montreal.

Baseados nos resultados, os pesquisadores ressaltam a necessidade de maior atenção para os sintomas depressivos e de ansiedade nos primeiros cinco anos de vida da criança. "Intervenções preventivas devem ser experimentadas com as crianças em risco e seus pais", concluíram os autores.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também