Certas doenças crescem com a irresponsabilidade

Certas doenças crescem com a irresponsabilidade

Atualizado: Quinta-feira, 18 Agosto de 2011 as 9:45

  "Quando desrespeitamos as leis da natureza, elas deixam de nos respeitar também", alerta o médico Gabriel Cousens.

Estudioso dos hábitos saudáveis e dos fatores de risco desenvolvidos na sociedade atual, o especialista reúne em uma só lista perigosos costumes modernos que compõe o que ele chama de Cultura da Morte, "representada por um estilo de vida e uma dieta repletos de carboidratos, laticínios, farinha branca, açúcar refinado, alimentos de origem animal cozidos, gorduras saturadas, gorduras trans, nicotina, café, alimentos carregados de agrotóxicos e metais pesados, vacinas, ar e água de má qualidade e estresse."

Essa irresponsabilidade com o próprio corpo, da alimentação, à falta da pratica de exercícios e tempo para descanço e sono, é o que tem contribuído no aparecimento de tantas doenças. São os sintomas de uma sociedade, por assim dizer.

O interessante e preocupante aviso do médico consta no livro "A cura do Diabetes pela Alimentação Viva"   (Alaúde). Por mais que a obra seja destinada à luta e conscientização do trabalho e tratamento do diabetes, o histórico da pesquisa e suas principais análises incidem em uma diversidade de doenças modernas, como a obesidade, a depressão, hipertensão, colesterol alto, alergias e até câncer.

Indignado com a situação horrível e doente que o mundo vive, Cousens pede e busca orientar as pessoas por escolherem a Cultura da Vida, usando a sabedoria e o bom senso. Uma vida plena e livre do diabetes e demais doenças, com base em escolhas inteligentes e alimentação saudável.

Além do preparo mental que o médico constrói a cada página, Cousens dedica um capítulo inteiro do livro a explicações sobre os benefícios dos ingredientes e diversas receitas para o leitor compor suas refeições diárias.

Vale lembrar a frase do médico citada no começo desse texto, "quando desrespeitamos as leis da natureza, elas deixam de nos respeitar também". A dieta apresentada ao longo de toda obra usa de ingredientes que a própria natureza viva oferece. Parece óbvio que seu consumo apenas nos trará benefícios. E até talvez seja. Basta apenas se reeducar. Ainda dá tempo.

veja também