Certo e errado dos exercícios físicos

Certo e errado dos exercícios físicos

Atualizado: Sexta-feira, 14 Março de 2008 as 12

Abdome definido, pernas torneadas e muitos músculos. Esse é o objetivo de 99,9% das pessoas que freqüentam as milhares de academias espalhadas no mundo em busca de um corpo "sarado". Exercícios, aparelhos e novas modalidades esportivas são algumas das ferramentas utilizadas para a conquista desse tão sonhado desejo.

O que muita gente não sabe é que o corpo tem limites e eles devem ser respeitados. "Exagerar na seqüência de exercícios ou calcular errado o peso dos aparelhos pode provocar problemas cardíacos e principalmente ortopédicos", aponta o quiropraxista Jason Gilbert.

Está comprovado que exercícios repetidos intensamente podem levar a lesões das articulações, tendões e músculos e ocasionar sérios problemas na coluna. Segundo o médico, cerca de 15% dos pacientes que recebe em suas clínicas no Brasil e no Peru apresentam problemas na coluna ocasionados por lesões ocorridas durante a realização de exercícios físicos. "Lombalgia, hérnia de disco, ciática, torcicolo, lesões no ombro e quadril são as principais queixas" , diz Dr. Jason.

Quem sente dores durante a realização de exercícios deve parar imediatamente, pois a dor é o sinal que a atividade não está adequada. "Muitas vezes, a pessoa já tem lesões antigas que ficam mais evidentes quando está se exercitando. Neste caso, o melhor é dignosticar o motivo da lesão e tratá-la antes de recomeçar a atividade", afirma o especialista. Uma alternativa rápida e eficaz para tratar esse problemas é a Quiropraxia, técnica que promove a prevenção, diagnóstico e tratamento de disfunções do sistema neuro?músculo?esquelético, ou seja, de problemas nas articulações, músculos, tendões, nervos e outras estruturas e de seus efeitos sobre o sistema nervoso e a saúde em geral. A Quiropraxia resolve problemas sem cirurgia ou medicamentos, através de vários métodos terapêuticos, em especial a manipulação ou ajustamento articular.

Para quem já sofre com problemas na coluna o ideal é praticar exercícios que melhorem a postura como alongamento e pilates. O quiropraxista pede cuidado com os exercícios realizados dentro da água. "Engana-se quem pensa que a natação é uma modalidade leve. Ela promove uma rotação das vértebras o que pode agravar lesões de algumas estruturas da coluna, como os discos intervertebrais e ligamentos. O risco é maior quando se pratica o nado clássico e borboleta", alerta Jason.

De acordo com o quiropraxista, a falta de orientação e a realização de exercícios sem critérios podem deflagrar crises graves a muitas vezes imobilizantes. Para evitar esses tipos de problemas preste atenção nas dicas:

Avaliação física: antes de iniciar qualquer atividade física o aluno deve passar por exames cardiovascularese e testes de resistência.

Orientação de um profissional: o aluno deve seguir a seqüência de exercícios adequada ao seu perfil e contar sempre com a supervisão de um profissional habilitado.

Alongamento: realizar alongamentos todos os dias. Caso faça musculação, o alongamento deve durar no mínimo dez minutos.

Freqüência: atingir o ápice de sua resistência física lentamente, entre 12 e 14 semanas.

Aparelhos: escolher bons aparelhos e verificar a posição de seu corpo durante a realização do exercício.

Horas de malhação: não é indicado malhar durante horas seguidas. Isso pode ocasionar lesões musculares graves.

Água: ingerir água antes, durante e depois de realizar os exercícios. A falta de água pode provocar fadiga.

Acessórios corretos: o tênis deve ser apropriado para a atividade física, outros acessórios como luvas e protetores sempre ajudam.

Postado por: Claudia Moraes

veja também