Chás orgânicos

Chás orgânicos

Atualizado: Quinta-feira, 6 Março de 2008 as 12

Em tempo de aquecimento global, Protocolo de Kioto e crescimento da consciência de que deve-se cuidar e preservar o meio ambiente, também se fala muito em produção e comércio de alimentos que são cultivados sem o uso de tóxicos agrícolas, os chamados produtos orgânicos. Surgido entre os anos de 1925 e 1930 com o inglês Sir Albert Howard, este tipo de cultivo passou a ser uma alternativa sustentável e de melhoria econômica para muitos agricultores, refletindo ainda um aumento da preocupação com a qualidade de vida dos cidadãos em todo o planeta.

Apostando nessa tendência, uma nova marca de chás, todos orgânicos, entrou recentemente no mercado. Com o nome de Teakettle, a linha de chás foi idealizada pela farmacêutica e médica antroposófica Sylvia Rodrigues, que depois de trabalhar muitos anos em farmácias de manipulação, decidiu investir num hobby antigo: os chás artesanais. "Quando o consumidor compra um produto orgânico, apesar de não sentir ou ter consciência dos benefícios que gera para o meio ambiente, ele está na verdade, adquirindo um conjunto de dois produtos, ou seja, o alimento em si e um produto ambiental que traz embutida uma idéia de proteção e regeneração do meio ambiente", afirma Sylvia.

Alinhados com esse movimento mundial de cuidar do meio ambiente e de consumir produtos cultivados sem aditivos químicos, toda a linha da TeaKettle é elaborada com produtos provenientes de uma escolha criteriosa de plantas. "A matéria prima de nossos chás é cultivada sem a utilização de qualquer agrotóxico. São produtos limpos, saudáveis, provenientes de um sistema de cultivo baseado no respeito ao meio ambiente e na preservação dos recursos naturais", ressalta Sylvia.

Nessa questão nós saímos na frente e, hoje em dia, o Brasil é o segundo maior produtor do mundo desses alimentos. O país também é um dos principais fornecedores globais desse tipo de produto e estima-se que 70% de toda a produção brasileira é exportada para mercados internacionais. Os principais produtos produzidos aqui em terras nacionais são a cana-de-açúcar, soja, cacau, gengibre, guaraná, manga, morango, pêssego, uva, entre outros.

Ainda de acordo com a idealizadora da marca, consumir alimentos orgânicos evita problemas de saúde causados pela ingestão de substâncias químicas tóxicas. "Pesquisas e estudos têm demonstrado que os agrotóxicos são prejudiciais ao nosso organismo e os resíduos que permanecem nos alimentos podem provocar reações alérgicas, respiratórias, distúrbios hormonais, problemas neurológicos e até câncer", explica Sylvia.

O material do qual se produz o chás orgânicos da TeaKettle é selecionado e inspecionado durante o processo de produção, com a finalidade de manter o máximo dos princípios ativos, o sabor natural e a qualidade. Todos os ingredientes utilizados na composição dos chás estão de acordo com os objetivos da agricultura orgânica e são provenientes de plantações do interior de São Paulo, das cidades de Botucatu, São Miguel Arcanjo e Miriporã. Nesta região, o comprometimento com o cultivo de plantas orgânicas é levado a sério. "A TeaKettle procura sempre utilizar procedimentos e princípios de ética", diz Sylvia Rodrigues.

Cultivada no sistema orgânico as ervas diferenciam-se das convencionais em todas as etapas da produção, que vão desde o preparo das mudas e tratamentos culturais até o uso de insumos, controle de pragas e doenças, colheita, secagem, armazenagem, transporte, embalagem e comercialização.

Postado por: Claudia Moraes

veja também