Chega a 22 o número de mortes por gripe suína no Brasil

Chega a 22 o número de mortes por gripe suína no Brasil

Atualizado: Quarta-feira, 22 Julho de 2009 as 12

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, confirmou que já chegou a 22 o número de mortos em decorrência da influenza A (H1N1) – gripe suína – no Brasil. Na segunda-feira, 20, o governo contabilizava 15 mortos. Ele ressaltou, entretanto, que o índice de mortalidade da doença é muito menor do que o da gripe comum.

"O ministério lamenta essas mortes, mas temos que ser realistas. Para comparação, no ano passado, no mês de julho no Brasil, 4,5 mil pessoas morreram em função de complicações da gripe comum", disse Temporão.

Segundo o ministro, não há necessidade de suspender viagens ou limitar a circulação de pessoas nos estados de São Paulo e do Rio Grande do Sul, onde já foi comprovada a transmissão sustentada. Ou seja, nesses locais, o vírus já circula independentemente de as pessoas infectadas terem tido contato com pessoas que vieram do exterior.

"É importante que as pessoas saibam que o vírus não está por aí, voando, nem tem pernas. Ele está circulando entre as pessoas que estão contaminadas. É necessário um contato extremamente próximo durante um período, por isso, o problema de ambientes fechados durante essa época do ano. Por isso, são importantes as medidas de precaução, como lavar bem as mãos várias vezes ao dia", explicou.

O ministro disse que o novo vírus "veio para ficar" e que, como toda pandemia, pode "durar muito tempo".

veja também