Cheiro de mofo faz com que Johnson e Johnson anuncie recall de Tylenol

Cheiro de mofo faz com que Johnson e Johnson anuncie recall de Tylenol

Atualizado: Segunda-feira, 18 Janeiro de 2010 as 12

A Johnson & Johnson anunciou nesta sexta-feira, 15, o recall de diversos medicamentos, entre eles o Tylenol (analgésico que tem o paracetamol como princípio ativo). Esse é o segundo recall que a empresa é obrigada a fazer em menos de um mês em função do forte cheiro de mofo que causou reações adversar em consumidores.

O recall inclui lotes regulares e extras de Tylenol, Tylenol infantil, Tylenol de oito horas, Tylenol para artrite, Tylenol PM, Motrin para crianças, Motrin IB, Benadryl Rolaids, Simply Sleep e a aspirina St. Joseph.

Fazem parte dos medicamentos que devem ser recolhidos, lotes que foram enviados para os Emirados Árabes Unidos, Ilhas Fiji e para as américas do Norte e do Sul.

O FDA (Food and Drug Administratio), agência reguladora do setor nos EUA, reclamou da forma como o recall foi conduzido. De acordo com o órgão, desde o início de 2008 a empresa já sabia dos problemas nos medicamentos.   

A agência afirmou que 70 pessoas reportaram terem ficado doentes em decorrência do forte odor dos medicamentos.

A Johnson & Johnson tem 15 dias para responder ao FDA, apresentar as causas do problema e dizer porque não tornou público o assunto antes.

A assessoria de imprensa da empresa Johnson & Johnson no Brasil informou que nenhum desses lotes chegou ao país e que a produção do remédio é 100% nacional, não havendo assim, segundo a assessoria de imprensa, risco de haver recall.

veja também