China produz banco de dados de DNA sobre crianças desaparecidas

China produz banco de dados de DNA sobre crianças desaparecidas

Atualizado: Quarta-feira, 28 Julho de 2010 as 11:45

A polícia chinesa trabalha na criação de uma ampla base de dados nacional de DNA para contribuir com a busca de crianças desaparecidas e sequestradas, informou seu Ministério da Segurança Pública.

Até o momento, os dados de DNA disponíveis permitiram a reunificação de 730 crianças com suas famílias, disse ao "China Daily" um membro do escritório da luta contra o tráfico humano, durante um seminário internacional organizado ontem pela Federação de Mulheres da China em Pequim.

O banco de dados, formado por 236 laboratórios de DNA em todo o país, já têm 107.000 amostras sanguíneas de crianças suspeitas de serem sequestradas ou têm passado incerto, residem em centros apoio ou mendigam na rua, assim como de pais que buscam seus descendentes, segundo o ministério.

As crianças destinadas à adoção, inclusive por estrangeiros, deverão ser submetidas antes a exames de sangue para serem incluídas no banco de dados.

O custo da análise de sangue e do DNA será coberto pelas autoridades policiais, por isso será gratuito para crianças e pais, acrescentou.

Desde abril de 2009, a polícia chinesa recuperou 17.717 mulheres e crianças, segundo dados oficiais, e foram detidos 17.528 suspeitos, alguns deles criminosos muito procurados.

Por ano, desaparecem na China entre 30.000 e 60.000 crianças.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também