Chocolate - nutrientes e simbologia

Chocolate - nutrientes e simbologia

Atualizado: Segunda-feira, 17 Março de 2008 as 12

"De cada dez pessoas, nove dizem que adoram chocolate. A décima está mentindo". (Jean Anthelme Brillat-Savarin, advogado, político e cozinheiro francês ? 1755-1826)

No Brasil, o brigadeiro; na Alemanha, o bolo Floresta Negra; na Itália, o tiramissu. O chocolate é apreciado por diversas culturas por apresentar inigualável sabor. Por despertar diversos sentidos, não é raro encontrá-lo em outras manifestações além da gastronomia, ou seja, ele também está presente na música, no cinema e na literatura.

Alguns apontam a iguaria como um elemento transformador da vida, como é o caso do filme que concorreu ao Oscar em 2001, Chocolate. A Fantástica Fábrica de Chocolate; Como Água para Chocolate; e Morango e Chocolate são outros exemplos de filmes que abordam a maneira de ver e rever o mundo, bem como questões referentes ao caráter, aos preconceitos e aos paradigmas sob a ótica do chocolate.

Outra virtude do chocolate é sua capacidade de substituir a linguagem no relacionamento humano, estabelecendo ou consolidando laços de amizade, solidariedade e amor. Dar uma caixa de bombons a alguém pode significar ?feliz aniversário", ?boa viagem", ?desculpe-me", ?saúde" ou ?estou apaixonado por você". Não por acaso é um dos presentes mais difundidos no Dia dos Namorados. O mesmo acontece no Dia das Mães. Alguns pais também se valem de bombons para recompensar os filhos exemplares. Também transformado em coelhos e ovos, é símbolo da Ressurreição de Cristo.

As propriedades nutricionais do chocolate, a exemplo de sua simbologia, são igualmente ricas e abrangem os diversos compostos, entre eles a cafeína e a treobromina, ambos com propriedades estimulantes. Apresenta também uma substância precursora da serotonina, a ?substância do bem-estar". Uma propriedade pouco conhecida é a contribuição substancial de flúor na dieta. Apresenta polifenóis, cujos efeitos são reconhecidamente antioxidantes.

Vale mencionar que o chocolate com maior propriedade funcional é o chocolate amargo, ainda pouco consumido no Brasil, onde a preferência é por produtos mais doces, como o chocolate ao leite e branco.

A densidade energética do chocolate é elevada. A quantidade de 100 gramas de chocolate ao leite apresenta valor calórico de aproximadamente 550 Kcal. Por isso, a população deve ficar sempre atenta ao consumi-lo, particularmente aqueles de custo mais baixo, uma vez que a quantidade de gorduras saturadas e gorduras trans podem ser altas, tornando-se muito importante a leitura e interpretação dos rótulos antes de adquirir tais produtos.

Uma das palavras-chaves da Nutrição é a moderação. Portanto, é oportuno lembrar que o consumo de chocolate deve ser feito com parcimônia, em virtude da sua elevada quantidade de gorduras e açúcar.

Postado por: Claudia Moraes

veja também