Cientistas brasileiros estudam uso de veneno de aranha contra a impotência

Cientistas brasileiros estudam uso de veneno de aranha contra a impotência

Atualizado: Terça-feira, 29 Setembro de 2009 as 12

O veneno de uma aranha brasileira pode servir de base para o tratamento da disfunção erétil – ou impotência sexual –, segundo estudo apresentado este mês na Conferência da Associação Americana do Coração. De acordo com os pesquisadores, a picada da aranha armadeira (Phoneutria nigriventer) "pode causar priaprismo, uma ereção potencialmente prejudicial e dolorosa que pode durar muitas horas e levar à impotência". E esse efeito poderia ser a base de um novo tratamento contra o problema sexual.

Na pesquisa, cientistas brasileiros e americanos purificaram uma toxina do veneno da aranha e a testaram em roedores. E os resultados mostraram que essa toxina causa uma reação química em cadeia que ajuda a melhorar o fluxo sanguíneo em tecidos do pênis – o que ajudaria a tratar a impotência sexual. "Essa toxina poderia ser importante para o desenvolvimento de novos agentes para o tratamento da disfunção erétil", concluíram os autores.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também