Cientistas desenvolvem sorvete que combate efeitos colaterais da quimioterapia

Cientistas desenvolvem sorvete que combate efeitos colaterais da quimioterapia

Atualizado: Sexta-feira, 30 Outubro de 2009 as 12

Pesquisadores neozelandeses estão desenvolvendo, em parceria com uma grande multinacional de nutrição, um sorvete que tem apresentado evidências animadoras no combate dos efeitos colaterais da quimioterapia em pacientes com câncer. Por enquanto, a "sobremesa medicinal" está em fase de testes, com os participantes ingerindo 100g de sorvete sabor morango por dia.

Com o nome ReCharge ("recarga", em tradução livre), a sobremesa é composta por ingredientes ativos de produtos lácteos para aliviar a diarreia, a anemia e a falta de apetite que acometem pessoas submetidas à quimioterapia. "Os dois componentes bioativos do leite desenvolvidos para o ReCharge tem o potencial único de ajudar o organismo a lidar com os efeitos adversos da quimioterapia", ressaltaram os autores.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também