Cientistas identificam gene responsável por calvície masculina

Cientistas identificam gene responsável por calvície masculina

Atualizado: Quarta-feira, 14 Abril de 2010 as 12

Pesquisadores identificaram um novo gene relacionado ao crescimento dos cabelos, uma descoberta que poderá abrir o caminho para futuros tratamentos da calvície masculina e outras formas de queda de cabelo, segundo um estudo publicado nesta quarta-feira (14) na revista "Nature".

A equipe, liderada por Angela Christiano (Universidade de Columbia, EUA), identificou um gene chamado APCDD1, que causa uma forma rara de queda de cabelos, a hipotricose simples hereditária.

Essa doença é provocada pela miniaturização do folículo piloso, estrutura da pele que produz pelos. Isso faz com que os cabelos cresçam cada vez mais finos.

"A identificação deste gene presente na hipotricose simples nos dá uma melhor visibilidade do processo de miniaturização do folículo piloso, que é observado na queda regular de cabelos no homem", afirmou Angela Christiano.

No entanto, "é importante notar que o gene descoberto para a hipotricose simples não explica a complexidade da calvície masculina", completou.

Famílias

A identificação do gene APCDD1 foi feita graças à análise dos dados genéticos de algumas famílias paquistanesas e italianas que têm o gene que provoca a hipotricose simples hereditária.

Os pesquisadores descobriram uma mutação do gene APCDD1, situado em uma região do cromossomo 18, já relacionado por estudos anteriores em outras formas de queda de cabelo.

Os pesquisadores mostraram que o gene APCDD1 inibe a via de sinalização celular, denominada Wnt, cujo papel no controle do crescimento piloso foi demonstrado em ratos.

"A descoberta sugere, pela primeira vez no homem, que a manipulação da via Wnt poderia ter um efeito sobre o crescimento do folículo piloso", declarou Angela Christiano.

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também