Combate à dengue deve ser reforçado na primavera

Combate à dengue deve ser reforçado na primavera

Atualizado: Quarta-feira, 16 Setembro de 2009 as 12

O governo paranaense faz um alerta: com a chegada da primavera, os cuidados para evitar a dengue devem ser reforçados. Segundo nota da agência de notícias da administração estadual, as chuvas são mais frequentes nesta época do ano e aumenta o perigo de água acumulada, local propício para a reprodução do mosquito transmissor da doença.

De acordo com a Secretaria da Saúde, até o fim de agosto, 814 casos foram confirmados por meio de exames de laboratório. Desse total, 702 são casos autóctones (cuja infecção ocorreu no estado) e 112, importados. No mesmo período do ano de 2008, haviam sido confirmados 752 casos autóctones, o que representa uma queda de 11,05%.

Mas a secretaria diz que, apesar da redução, a situação não é confortável, pois, com o primeiro descuido, a doença pode voltar. "A luta contra a dengue não acaba nunca. É importante que cada município faça sua parte no combate à doença. Ações descentralizadas e eficazes é que irão garantir a redução na incidência e diminuir a quantidade de casos", disse o secretário Gilberto Martin.

Para os próximos meses, período em que há maior risco de ocorrência, o Comitê Estadual da Dengue planejou várias atividades, como o "Dia do Descarte", para mobilizar a população quanto à eliminação dos criadouros do mosquito; a campanha "Mês da Criança sem Dengue", com o objetivo de conscientizar pais e crianças quanto à prevenção da dengue e oficinas para discussões operacionais dos serviços de saúde.

veja também