Como prevenir o câncer de pele?

Como prevenir o câncer de pele?

Atualizado: Terça-feira, 12 Fevereiro de 2008 as 12

O verão está aí para ser aproveitado, mas com algumas "dicas", para não enfrentar momentos indesejáveis ou possíveis doenças. O sol excessivo em um horário inadequado pode trazer danos à pele, cuja função é a proteção do corpo contra o calor, a luz e as infecções, sendo também responsável pela regulação da temperatura do corpo, bem como pela reserva de água, vitamina D e gordura.

Os danos causados pelo sol, dependendo do tempo e intensidade de exposição, podem começar por simples descamações, queimaduras, evoluindo até a um câncer de pele. Segundo o INCA, as neoplasias cutâneas representam cerca de 25% de todos os tumores malignos no Brasil, tendo altos percentuais de cura, quando detectado precocemente.

O câncer de pele geralmente se desenvolve na epiderme, a camada mais externa da pele, então seu tumor geralmente é bem visível. Isso faz com que a maioria dos casos de câncer de pele sejam detectáveis nos seus estágios iniciais. O desenvolvimento do câncer em geral, seja ele cutâneo ou não, se dá pela mutação de células que, por muitos fatores, se multiplicam desordenadamente, trazendo danos ao corpo.

No caso das células da pele, ao receber o calor excessivo, seu metabolismo se modifica tornando as células neoplásicas, ou seja, cancerosas.

Aprenda como identificar um câncer de pele observando:

- Um crescimento na pele de aparência elevada e brilhante, translúcida, avermelhada, castanha, rósea ou multicolorida;

- Uma pinta preta ou castanha que muda sua cor, textura, torna-se irregular nas bordas e cresce de tamanho;

- Uma mancha ou ferida que não cicatriza, que continua a crescer, apresentando coceira, crostas, erosões ou sangramento.

Ao perceber alterações na pele que fujam à normalidade, procure um serviço médico.

Não desanime por isso. Para "curtir" o verão sem surpresas negativas, recomenda-se o uso de chapéus, camisetas e filtro solar, de fator mínimo 15, a cada exposição ao sol, sendo reaplicado a cada duas horas, mesmo quando se está embaixo do guarda-sol tomando aquela deliciosa água de coco. Pois, a lona ou o material de algodão de que são feitos absorvem 50% dos raios solares. Fique de olho, não esqueça o protetor solar e evite se expor ao sol e calor excessivo, entre 10h e 16h (horário de verão).

Postado por: Claudia Moraes

veja também