Compare a quantidade de sódio presente nas bebidas

Compare a quantidade de sódio presente nas bebidas

Atualizado: Sexta-feira, 18 Novembro de 2011 as 10:35

O sódio é um dos grandes inimigos da saúde nos dias atuais. Invisível aos olhos, muitas vezes é consumido em excesso e acaba trazendo diversos danos à saúde como a retenção de líquido, hipertensão e problemas renais.  

De acordo com Daniel Henrique Bandoni, professor do curso de Nutrição da Universidade Federal de São Paulo, a Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do ano de 2009 mostrou que o brasileiro consome 4,7g de sódio, em uma ingestão diária de 2 mil calorias. "A recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) é a de 2g por dia, ou seja, consumimos mais que o dobro", explica.

A nutricionista Carla Magri, do Hospital São José, em São Paulo, explica que o sódio é rapidamente absorvido do intestino e, depois, transportado para os rins, onde é filtrado. "A quantidade absorvida é proporcional ao consumo. Cerca de 90 a 95% da perda normal de sódio do corpo é por meio da urina; o resto é perdido em fezes e suor. Normalmente, a quantidade de sódio excretada diariamente é igual à quantidade ingerida."

Para manter a saúde em ordem, é preciso buscar o equilíbrio na alimentação como um todo, não só nos líquidos. "O teor de sódio contido nas bebidas industrializadas não traz, isoladamente, riscos à saúde, porém devemos ficar atentos ao consumo de alimentos ricos em sódio ao longo do dia para que quantidade final não ultrapasse a recomendação máxima", reforça Carla.

Além dos refrigerantes, águas com sabor e sucos industrializados, é preciso moderar em alimentos como azeitonas, embutidos (salame, salsicha, mortadela, presunto etc), queijos amarelos, tabletes de caldos concentrados, bacalhau, carne seca, e condimentos como catchup, mostarda e molho inglês. "Também alimentos tipo fast food que ultrapassam o limite diário devem ser consumidos com moderação", observa a especialista.

veja também