Confira os 8 lugares mais infectados por germes no shopping

Confira os 8 lugares mais infectados por germes no shopping

Atualizado: Terça-feira, 29 Novembro de 2011 as 8:37

Com a chegada das festas, os shoppings ficam ainda mais lotados, com adultos e crianças se espremendo nas praças de alimentação, lojas de brinquedos e escadas rolantes.

Mas, segundo o site da emissora CNN, é preciso estar atento para não acabar o ano com uma doença proveniente de germes. "Qualquer lugar em que pessoas se reúnem está cheio de bactérias e vírus, e um shopping lotado é um exemplo perfeito", afirma Philip Tierno, diretor de microbiologia e imunologia da New York University.

Para esclarecer como estas bactérias se acumulam, o site fez um ranking baseado em testes de especialistas, que indicam quais são os lugares mais infectados. Confira a lista e saiba também como se proteger deste perigo invisível.

1 - Pia do banheiro: a área mais suja em um banheiro, ao contrário do que muita gente pensa, não é o vaso sanitário, e sim a pia, segundo os especialistas. Como essa área é úmida, as bactérias podem sobreviver por um bom tempo neste ambiente. É bom ficar de olho nos recipientes para sabonete líquido, outro foco de germes. Para se proteger, lave bem as mãos depois de usar um banheiro público, ensaboando bastante e enxaguando em seguida. Use um papel toalha para fechar a torneira ou abrir a porta e, caso o papel esteja em falta, desinfete a mão com álcool.

2 - Mesas da praça de alimentação: ainda que a mesa pareça limpinha, ela pode ser um foco de bactérias como a E. Coli se não for lavada regularmente. Para se proteger, os especialistas indicam que as pessoas levem lenços umedecidos na bolsa, especialmente os que contêm álcool em sua composição, para que elas mesmas possam fazer a higienização do ambiente antes de começar a comer.

3- Corrimão da escada rolante: nos testes feitos pelos especialistas foram encontrados, além da bactéria E.coli, urina, muco, fezes e sangue neste local. "E onde há muco, você pode também encontrar o vírus da gripe", disse um dos infectologistas envolvidos. Proteja-se evitando tocar nessa superfície e, se o fizer, desinfete a mão em seguida.

4 - Teclado do caixa eletrônico: depois de testarem 38 teclados em diversas cidades, os especialistas concluíram que existem, em média, 1200 germes neste local. A pior tecla, no entanto, é o "Enter", porque todo mundo é obrigado a pressioná-la ao fazer uma operação bancária. Além de lavar bem as mãos depois de utilizar estas máquinas, é importante evitar tocar a boca ou no nariz durante o processo.

5 - Lojas de brinquedos: as lojas de brinquedos concentram muitas bactérias pelo fato de que as crianças brincam com os itens da prateleira, os colocam na boca, se esfregam neles e, depois, os devolvem. Por isso, proteja seu filho - antes de presenteá-lo com uma novidade, desinfete o brinquedo com álcool.

6 - Provadores: estes locais também estão no foco dos especialistas, porque depois que as pessoas provam as roupas, a células da pele se acumulam dentro das peças, servindo como alimento para as bactérias se multiplicarem. Para se proteger, somente experimente roupas íntimas com proteção, lave as peças antes de usar e evite a prática se estiver com algum corte no corpo.

7 - Lojas de eletrônicos: milhares de pessoas não resistem às novidades tecnológicas como smartphones ou tablets de última geração, mas muita gente se esquece que estes objetos são tocados o dia todo e, dificilmente, são desinfetados. De acordo com os especialistas, ficou comprovado que os vírus se espalham facilmente nas superfícies de vidro. Sendo assim, o ideal é limpar os aparelhos antes de testá-los nas lojas.

8 - Amostras de maquiagem: um estudo de 2005 constatou que entre 67% e 100% das amostras de maquiagem estavam contaminadas com bactérias, incluindo estafilococos, estreptococos e E. coli. Para não contrair doenças, evite o contato com amostras na boca, olhos ou rosto e, se o fizer, desinfete com um lenço umedecido.

veja também