Congresso debate a abordagem homeopática nos distúrbios da infância

Congresso debate a abordagem homeopática nos distúrbios da infância

Atualizado: Terça-feira, 1 Setembro de 2009 as 12

De 24 a 27 de setembro de 2009, acontece o Congresso da Associação Paulista de Homeopatia 2009 - Clínica, Ciência e Arte, organizado pela Associação Paulista de Homeopatia (APH). Renomados especialistas nacionais e internacionais debaterão as diferentes abordagens e experiências clínicas homeopáticas por meio de uma rica programação científica. A ideia é disseminar conhecimentos atualizados para a qualificação da prática médica e da assistência aos cidadãos.

"Importante salientar que nosso enfoque será sobre a abordagem clínica homeopática, com apresentação de variados casos clínicos. Nosso intuito é propiciar, de uma forma abrangente e clara, ferramentas para os congressistas se reciclarem sobre o que há de mais relevante na homeopatia", destaca Rubens Dolce Filho, presidente da APH.

Um tema que merecerá destaque é a atuação homeopática em pediatria. Além de utilizar os recursos da medicina hegemônica ao realizar exames laboratoriais e valorizar os sinais tradicionais, a especialidade busca entender a individualidade de cada criança, atribuindo sintomas e queixas a características particulares, entre as quais as emocionais.

"Sempre apostamos em uma abordagem ampla. Uma técnica que empregamos usualmente é a do discurso não-dito, especialmente em crianças menores de cinco anos que ainda não verbalizam o que sente. Analisamos o comportamento para entender as reações físicas", explica dr. Carlos Brunini,  médico homeopata e pediatra e presidente da Facis  - Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo.

Um dos exemplos que o dr. Brunini destaca são as crises de asma. Quando a criança asmática chega ao consultório, o pediatra homeopata recomenda não expor o pequeno aos agentes externos como pó, fumaça, cigarro, produtos químicos e ácaros. Mas também investiga outros pontos importantes para um diagnóstico mais completo.

"Ao manifestar sinais de asma, a criança pode, no fundo, indicar dificuldades de relacionamento familiar ou repressão no ambiente escolar ou outros problemas. São esses fatores que observamos. Não nos restringimos apenas a indicar medicamentos, mas agimos para melhorar sua qualidade de vida".

Enfim, se um pequeno adoece, o pediatra homeopata avalia os agentes agressivos causadores da doença, e ainda a sensibilidade, a predisposição emocional. No Congresso da Associação Paulista de Homeopatia 2009, dr. Brunini abordará as dificuldades em diferenciar sintomas peculiares com as características próprias da infância, bem como apresentará sua experiência por meio de casos clínicos. Para mais informações e inscrições, acesse www.aph.org.br/congresso2009 ou (11) 5543-4142.

Serviço

Congresso da Associação Paulista de Homeopatia 2009 - Clínica, Ciência e Arte

Data: De 24 a 27 de setembro de 2009

Local: Vacance Hotel

End.: Av. das Nações Unidas, 1.374 – Águas de Lindóia - SP

Informações e inscrições: (11) 5543-4142 / 5092-5643

www.aph.org.br/congresso2009

Postado por: Felipe Pinheiro

veja também