Conheça os benefícios do Pilates para o nosso corpo.

O poder do Pilates

Atualizado: Segunda-feira, 22 Abril de 2013 as 9:01

 

Cada vez mais tem-se falado que, a prática de exercícios físicos são essenciais para manter uma vida saudável. Cada um procura uma atividade que se sinta bem, e que seja importante para o corpo. O pilates vem sendo muito procurado para garantir muitos benefícios.
 
O Pilates, criado por Joseph H. Pilates, é um exercício que possui técnicas de conscientização corporal e teorias de controle motor. Fortalece os músculos fracos, alonga os músculos que estão encurtados e aumenta a mobilidade das articulações, garantndo músculos fortes e flexíveis para se manterem bonitos e saudáveis. Os movimentos são feitos lentamente e controlando o estresse. O alinhamento postural é importantante durante cada exercício, ajudando a postura global da pessoa.
 
Com isso, a força, a tonificação e o alongamento são trabalhados de dentro para fora do corpo, tornando-o forte, bonito, saudável, harmonioso e elegante.
 
O Pilates previne muitas dores, sendo um aliado no combate à hérnia de disco. Cerca de 60 a 80% da população sofre ou sofrerá de dores lombares na coluna. Sintomas como dores no braço, na perna, formigamento nos pés ou nas mãos, dormência nos braços ou nas pernas, diminuição de força e atrofia de musculatura, podem ser minimizados com o 
Pilates. Dos cerca de 5,5 milhões de brasileiros que possuem hérnia de disco, doença degenerativa da coluna vertebral, muitos têm recorrido ao método como auxílio na reabilitação. Bastante eficaz no tratamento, tanto a longo como em curto prazo, o Pilates atua em todas as fases da hérnia de disco, proporcionando em cada uma delas a melhora dos sintomas do paciente e evitando a reincidência da doença.
 
“O Pilates é um condicionamento tanto físico quanto mental e, por ser completo, abrange o nosso corpo de maneira uniforme. Isso acaba por fortalecer, equilibrar e alongar a musculatura da coluna vertebral, trazendo um maior alinhamento e, em determinados casos, trazendo até uma diminuição das tensões existentes. Isso gera um alívio de pinçamentos e compressões dos discos, o que estimula a circulação na região”, explica o professor de Pilates, Vinicius Zacarias, do Zahra Spa & Estética.
 
O poder do PilatesNão há nenhuma restrição quanto à prática regular dos exercícios por quem sofre com a hérnia de disco, seja na fase aguda, subaguda ou crônica desde que sejam orientados por um profissional qualificado. Na fase inicial da doença, ele é geralmente associado a outras técnicas fisioterapêuticas como, por exemplo, a osteopatia e a reeducação postural global (RPG). Na fase subaguda são feitos exercícios com a coluna lombar apoiada no chão ou nos aparelhos, como o reformer e o cadillac, e, progressivamente, incluem-se os exercícios evitando as rotações de tronco e o esforço da musculatura tônica. Já na fase crônica, o método Pilates é de grande importância para tratar as compensações, os encurtamentos musculares, as hipomobilidades, trabalhar a postura e o equilíbrio.  
 
As aulas apresentadas são compostas por exercícios suaves e eficazes, poucas repetições de cada movimento, grande repertório de exercícios, aulas únicas, evitando monotonia, uso de aparelhos e acessórios criados especialmente para os exercícios, resultados rápidos e duradouros, construção de uma postura correta e natural e não há desgaste físico.
 
O Pilates traz resultados rápidos e são fáceis de se fazer, além de trazer uma vida mais saudável. 
 
 
Com informações de: Assessoria de imprensa / Mais equilíbrio

veja também