Conheça as possíveis causas da prisão de ventre

Prisão de ventre: Causas possíveis

Atualizado: Quarta-feira, 14 Agosto de 2013 as 12:21

Quem sofre ou já sofreu de prisão de ventre, sabe que é um problema um tanto quanto desconfortável. A prisão de ventre ou intestino preso, ocorrem quando há um distúrbio comum caracterizado pela dificuldade persistente para evacuar. Porém, há outro fator menos conhcecido, como a ingestão de certos medicamentos e suplementos alimentares.

“Assim como o hipotireoidismo, a depressão provoca uma desaceleração geral dos processos normais do corpo, o que pode afetar o intestino. Pessoas com síndrome do intestino irritável, moléstia intimamente ligada à depressão, são mais propensas à constipação”, afirma o gastroenterologista Silvio Gabor.  

Outras causas também podem ocasionar a prisão de ventre. Conheça quais são as causas possíveis e formas de prevenção.

Prisão de ventre: Possíveis causasVitaminas
“Em alguns casos pode ser recomendável que pacientes que estejam tomando suplementos à base de ferro ou cálcio suspendam sua ingestão. Se a suplementação for essencial, seria recomendável prescrever também um laxante suave para estas pessoas”, orienta o médico gastroenterologista Silvio Gabor.
 
Chocolate
“Em um estudo de 2005 ficou comprovado que pessoas com constipação crônica ou síndrome do intestino irritável são mais propensas do que as pessoas sem esses problemas a afirmar que o chocolate causa constipação, assim como bananas e chá preto. Eliminar ou cortar este doce por causa da constipação é uma decisão que deve ser avaliada individualmente”, diz o gastroenterologista.
 
Antiácidos
Antiácidos são ótimos para combater a azia, mas alguns podem causar prisão de ventre, especialmente aqueles que contêm cálcio ou alumínio. “Felizmente, existem diversas opções de antiácidos no mercado. Você também pode reduzir o risco de azia não comendo muito durante as refeições e consumindo menos alimentos gordurosos e mais fibras, medidas que ajudam a prevenir tanto a azia quanto a constipação”, recomenda Silvio Gabor.
 
Antidepressivos
A prisão de ventre parece estar associada com inibidores seletivos da recaptação de serotonina, mecanismo de ação de alguns dos antidepressivos. “No entanto, a constipação é mais um problema provocado pelos antidepressivos tricíclicos. Não é possível afirmar que todos os medicamentos antidepressivos tenham este efeito colateral. No entanto, se você está tomando um antidepressivo e tem esse efeito colateral, converse com seu médico. Ele poderá prescrever um laxante suave, se for o caso”, diz o gastroenterologista.
 
Depressão
A própria condição que os antidepressivos se propõem a tratar - a depressão - também pode causar constipação. “Assim como o hipotireoidismo, a depressão provoca uma desaceleração geral dos processos normais do corpo, o que também pode afetar o intestino. Pessoas com síndrome do intestino irritável, moléstia intimamente ligada à depressão, também são mais propensas à constipação”, observa o médico.
 
Laxantes
“Quando utilizados por longos períodos de tempo, os laxantes podem levar à dependência, ou seja, seu intestino pode não vai funcionar corretamente sem eles. Não tome qualquer medicação - incluindo laxantes - durante mais tempo do que o recomendado pelo seu médico”, alerta Silvio Gabor.
 
Pouco consumo de fibras
“Reduza o consumo de tais alimentos e aumente a ingestão de fibras de 20-35 gramas por dia. Se você come diariamente queijos, carne vermelha e ovos, adicione verduras, frutas e outros alimentos que contenham fibras à sua dieta. Procure evitar fast foods e alimentos processados, que são geralmente pobres em fibras”, ensina Gabor.
 
Analgésicos
"Um grande número de receptores das drogas narcóticas estão no aparelho digestivo, por isso, em geral, é uma boa ideia prescrever laxantes suaves para os usuários dessas drogas. Alguns estudos sugerem também que pode haver um risco maior de constipação intestinal para pessoas que são usuárias crônicas de analgésicos como aspirina e ibuprofeno”, afirma Gabor.
 
Diabetes
Danos nos nervos podem afetar a capacidade de uma pessoa digerir os alimentos. A maioria das pessoas com diabetes avançado apresentam este problema.
 
É recomendado fazer um teste de açúcar no sangue em alguém que é regularmente constipado. “Condições neurológicas tais como a esclerose múltipla ou a doença de Parkinson podem causar obstipação. Normalmente, porém, a obstipação aparece juntamente com outros sintomas, como dificuldade para urinar, visão dupla ou um problema de marcha', diz Gabor.
 
 
 
Com informações de: Estilo MSN

veja também