Conheça quais os alimentos saudáveis que engordam

Alimentos saudáveis que engordam

Atualizado: Terça-feira, 13 Agosto de 2013 as 2:46

Muito se falam em seguir uma alimentação saudável e procurar ingerir frutas para ficar de bem com a balança. Acontece que alguns alimentos que parecem saudáveis, são considerados verdadeiros aliados da balança e outros vilões.
 
Suco de laranja ou tangerina, por exemplo, além de não conter fibras, que somem na centrífuga, fornece 150 calorias e é consumido rapidamente. Resultado: a sensação de saciedade será menor e rapidamente a pessoa terá mais fome.
 
A nutricionista  Marcela Frias, da Clínica Dicorp, no Rio de Janeiro, explica os prós e contras de alguns alimentos, sugere possíveis substitutos e mostra a melhor forma de adequá-los a uma dieta equilibrada.
 
Alimentos que engordam
 
suco de laranjaSucos de frutas
“Os sucos de frutas, de uma maneira geral, e os sucos verdes são ricos em vitaminas, minerais, compostos antioxidantes e fibras, garantindo vários benefícios para a saúde, pois ajudam na desintoxicação do organismo, no combate aos radicais livres, no regulamento da função intestinal, e possuem ação diurética, melhorando a retenção hídrica, e ação anti-inflamatória.
 
A quantidade recomendada é de três a quatro copos por dia. O valor calórico de um copo de suco pode variar de 80 a 200 kcal, dependendo da fruta, da quantidade utilizada e dos ingredientes adicionais. Lembrando sempre que é importante evitar a adição de açúcar. Mas há um grande equivoco das pessoas ao acharem que, por ser suco de frutas natural, pode ser consumido à vontade. A quantidade também deve ser respeitada de acordo com o plano alimentar de cada um para não extrapolar nas calorias.”
 
Azeite
“É um excelente protetor cardíaco com inúmeros benefícios: melhora o perfil lipídico, diminuindo LDL e aumentando HDL, ajuda a regular a pressão, possui ação anticancerígena e propriedades anti-inflamatórias, auxiliando na perda de peso. Mas a quantidade deve ser controlada, devido ao seu elevado valor calórico. Dê preferência ao azeite extravirgem, envasado em garrafas escuras, de acidez menor que 0,5%. Uma colher de sopa de azeite contém 108 calorias, ou seja, seu consumo em excesso pode contribuir para o ganho de peso.”
 
Vinho
“O vinho tinto possui resveratrol, componentes naturais encontrados na casca da uva que possuem importante ação antibiótica e potente efeito antioxidante, reduzindo o colesterol ruim (LDL), aumentando o colesterol bom (HDL) e ajudando a prevenir a formação de placas de gordura nas artérias. A recomendação diária de consumo é de ate duas taças para homens e uma para mulheres. Uma taça de 125 ml de vinho contém aproximadamente 110 calorias, ou seja, tome cuidado para não consumir demais, pois em excesso ele pode contribuir para o ganho de peso, além de outros danos que o álcool pode causar ao organismo.”
 
Mel
“Possui vitaminas, minerais, aminoácidos e enzimas. Quanto mais escura for sua cor mais, ele possui polifenóis, substancia antioxidante que protege contra várias doenças. Possui propriedades anti-inflamatórias, ajudando no processo de cicatrização, e ação probiótica, servindo como substrato para bactérias boas presentes no intestino. Também é muito importante para saúde do sistema respiratório devido à sua propriedade antibacteriana. E contém ainda triptofano, que tem função calmante. O mel pode ser utilizado em substituição ao açúcar branco, só não podemos esquecer que ele também é rico em carboidratos e deve ser consumido com moderação, lendo sempre o rotulo para identificar a presença de aditivos nos ingredientes. Uma colher de sopa de mel tem em torno de 50 calorias.”
 
Ovo
“Durante muito tempo ele foi considerado vilão, mas estudos mostraram que não há relação entre o consumo regular de um ovo por dia e o aumento de incidência de doenças cardiovasculares. Pelo contrário, os ácidos graxos poli-insaturados atuam na redução do colesterol total e ruim e a gordura monoinsaturada ajuda na elevação do colesterol bom. A clara do ovo é basicamente formada por proteínas e a gema contém vários nutrientes como colina, essencial para a memória e aprendizado, folato e vitamina A. Só não deve ser consumido em excesso para que os efeitos benéficos não se tornem prejudiciais, levando ao aumento do colesterol. Dê preferência aos ovos caipiras, pois vêm de aves que não recebem rações ricas em hormônios e antibióticos. Esses ovos também são mais ricos em nutrientes como ferro e vitamina C, do que os ovos de granja.
 
Abacate
“Junto com o ovo, foi considerado vilão por muito tempo. O abacate possui beta-sitosterol, que tem função anti-inflamatória, é rico em gordura monoinsaturada, que reduz o colesterol, e contribui para a perda de peso. A recomendação é de apenas duas colheres de sopa por dia, pois é uma fruta com alto teor calórico. Uma colher de sopa tem em media 80 calorias.”
 
Açaí
“Rico em antioxidantes, vitamina C, selênio, vitamina A, vitaminas do complexo B e magnésio, e também possui baixo índice glicêmico. Com seu poder anti-inflamatórioajuda no combate as celulites. E é bom para dar energia. Mas uma xícara tem em torno de 200 calorias. Por isso a recomendação é de apenas uma xícara ao dia, de preferência em sua forma orgânica. Procure seguir a quantidade recomendada e evitar consumir sem os acompanhamentos tradicionais, como xarope de guaraná e granola, para não extrapolar nas calorias.”
 
Café
“Por possuir cafeína, é considerado um alimento termogênico, sendo capaz de elevar a temperatura corporal e promover um alto gasto energético, ajudando na perda de peso. Além disso, possui variedade de minerais, aminoácidos, lipídeos, açúcares e substâncias antioxidantes ajudando a prevenir diversas doenças. A dica é tomar entre as refeições, para não diminuir a absorção de nutrientes como o cálcio e o ferro e não dificultar a digestão, pois ele compromete o esvaziamento gástrico, fazendo com que o alimento fique por mais tempo no estomago. Deve ser evitado por quem sofre de gastrite e refluxo. Além disso, a cafeína estimula o sistema nervoso central, podendo causar insônia. Em excesso também pode causar tremores, taquicardia, nervosismo. A recomendação é de três ou quatro xícaras por dia. Se for necessário adoçar, evite o açúcar e utilize um pouco de mel ou adoçante como stévia.”
 
 
 
Com informações de: Bolsa de Mulher

veja também