Consumo de energético compromete a saúde dos dentes

Energético compromete a saúde dos dentes

Atualizado: Quarta-feira, 14 Agosto de 2013 as 2:49

Energético, bebida não alcóolica que oferece ao consumidor energia e estimula o metabolismo. Para quem pratica esporte, atividades físicas com frequencia, procura consumir a bebida. O que poucos sabem, é que o energético prejudica a saúde dos dentes, assim como o branqueamento.

Para manter os dentes sempre bonitos, o uso de pastas, visitas ao dentista, entre outros, estão disponíveis. Mas alguns cuidados para manter um sorriso impecável, devem ser tomados.

bebida energética prejudica os dentes

 

Entre os alimentos que não ajudam a manter a saúde dos dentes estão refrigerante, café, bebida alcóolica, os famosos doces e chocolates. Frutas e verduras com corantes estão na lista. Mas o maior vilão, é o energético.

“A acidez do energético é uma bomba atômica para os dentes. É a pior coisa que tem”, alerta o dentista Dr. Marcelo Moreira, um dos sócios do Ateliê Oral.

Estudo realizado por um grupo de estudantes do curso de odontologia da Univali de Santa Catarina, em abril deste ano, utilizaram dentes bovinos - que contém mesma composição dos dentes humanos, para comprovar os efeitos que o energético causa aos dentes.

Os dentes foram colocados diariamente em contato com a bebida pelo período de uma hora, durante cinco dias. Com a ajuda de equipamentos eletrônicos, elas perceberam que o cálcio se despendeu dos dentes e ficou na bebida. "O esmalte dos dentes é como uma capa composta, predominantemente, por cálcio. A deterioração dessa capa deixa a estrutura porosa", explica Lídia Morales Justino, professora que orientou a pesquisa.
 
Segundo a professora, a boca possui pH 7, que é o neutro e, abaixo dessa medida, as substâncias são consideradas ácidas. "Os alimentos ou bebidas com pH abaixo de 5,5 removem o cálcio dos dentes. No caso das bebidas energéticas, o pH é em torno de 3,0", comenta. Além disso, ela explica que os energéticos não são as únicas bebidas com acidez capazes de alterar o esmalte do dente. Sucos artificiais, isotônicos e refrigerantes também prejudicam.
 

 

Com informações de: G1/Terra

veja também