Correr maratonas pode trazer problemas cardíacos

Correr maratonas pode trazer problemas cardíacos

Atualizado: Quinta-feira, 8 Dezembro de 2011 as 1:35

Cientistas australianos anunciaram as conclusões de um estudo que atingem diretamente os amantes da corrida: correr maratonas pode causar danos permanentes ao coração. A pesquisa, feita na University of Melbourne, na Austrália, mostra que atividades de alto impacto podem ocasionar cicatrizes no coração, aumentando o risco de complicações de saúde. As informações são do jornal britânico Daily Mail.

As conclusões mostram que o ventrículo direito é mais suscetível aos danos e, por este motivo, ele será o foco das atenções nas pesquisas sobre o assunto. Os atletas afetados podem ter seu desempenho reduzido, além de arritmia ou uma síndrome cardíaca ocasionada pelo excesso de treinamento.

Os cientistas avaliaram 40 atletas sem histórico de problemas no coração, que planejavam correr em provas de resistência. Os resultados mostraram que, imediatamente após a corrida, o coração dos atletas mudaram a forma e o volume, enquanto o ventrículo direito, que bombeia o sangue para os pulmões, diminuiu.

Depois de uma semana, as funções foram recuperadas na maior parte dos casos, mas em cinco pessoas comprovou-se o aparecimento de cicatrizes permanentes.

Junto com outros problemas cardíacos, os danos podem reduzir a capacidade de bombeamento do sangue, resultando em insuficiência cardíaca.

Os pesquisadores envolvidos com o estudo avisam que ainda é cedo para atribuir aos esportes de alto impacto a culpa pelos danos ao ventrículo, mas afirmam que esse é um indicativo de que a questão deve ser investigada com atenção. Os resultados do estudo foram publicados no European Heart Journal.

veja também