Crescimento de 150% no atendimento de pacientes internacionais

Crescimento de 150% no atendimento de pacientes internacionais

Atualizado: Sexta-feira, 19 Agosto de 2011 as 12:13

  O conceito de Turismo de Saúde foi definido pelo Ministério da Saúde em 2006 como as atividades turísticas decorrentes da utilização de meios e serviços para fins médicos, terapêuticos e estéticos. Segundo dados apresentados pela EMBRATUR, em 2006, 0,61% dos turistas que entraram no País declararam ser por motivo de saúde, o que corresponde a um total de mais de 30 mil turistas. No ano seguinte, este número cresceu para 59 mil turistas, ou seja, 1,17 % do total de visitantes.

Este crescimento é uma tendência, considerando o bom momento econômico brasileiro, bem como a qualidade da medicina praticada em nosso país,tanto sob o ponto de vista da tecnologia, quanto da capacitação dos profissionais da área da saúde.

Os hospitais estão aprimorando cada vez mais seus processos em busca de certificações internacionais que garantam esta qualidade de atendimento e a segurança no atendimento, com a Joint Comission Internacional . Este é, sem dúvida, um diferencial importante no mercado de Turismo de Saúde. O HCor – Hospital do Coração, em São Paulo conta com um departamento especializado para atender e acompanhar estes pacientes em sua passagem pelo hospital. Alocada na Gerência Comercial, a Coordenação de Relacionamento com Pacientes Internacionais auxilia em questões culturais como idioma, adaptação ao ambiente hospitalar brasileiro e à alimentação, entre outras necessidades.

De acordo com a Gerente Comercial do HCor, Fernanda Crema, houve um aumento na procura por atendimentos especializados no Brasil, por conta da qualidade dos procedimentos realizados no país. “Estamos certos que o reconhecimento do HCor e de seu corpo clínico vem também de nossa contribuição científica em nível mundial, incluindo publicações de trabalhos, pesquisas e apresentações em congressos internacionais”, explica a Gerente Comercial.

“Nossa meta é manter e ampliar o nosso reconhecimento internacional como um hospital altamente qualificado, no que diz respeito à tecnologia de ponta e assistência diferenciada ao paciente. Para isso, contamos com o auxílio de todos os setores do hospital para exercer o atendimento de excelência ao qual nos propomos”,relata Fernanda Crema.

Outro atrativo para o Turismo de Saúde é o preço. Países em desenvolvimento, como é ocaso do Brasil investem em novas tecnologias e buscam difundir novos tratamentos. Prova disso são as diversas pesquisas clínicas realizadas no país que são aplicadas e reconhecidas mundialmente. Os tratamentos em sua maioria são considerados mais baratos e trazem em sua bagagem a mesma qualidade aplicada em outros países.

veja também