Crescimento econômico causa aumento da incidência de sífilis

Crescimento econômico causa aumento da incidência de sífilis

Atualizado: Sexta-feira, 7 Maio de 2010 as 7:26

A cada hora, um bebê nasce com sífilis na China. A infecção bacteriana de fácil tratamento foi quase erradicada há 50 anos, mas agora é a doença sexualmente transmissível mais comum em Xangai, maior cidade do país.

Prostitutas e homens bissexuais estão espalhando a epidemia, segundo artigo publicado no "New England Journal of Medicine".

O aumento da incidência da sífilis está ligado ao crescimento econômico do país, que aumenta a renda disponível para executivos e operários, dando mais oportunidade para sexo sem proteção enquanto eles estão fora de casa a trabalho, de acordo com o artigo.

Como não há um rastreamento da doença nas mulheres grávidas no país, a taxa de transmissão de mãe para filho aumentou de 7 para 57 casos a cada 100 mil nascidos vivos entre 2003 e 2008.

A OMS estima que 12 milhões de pessoas são infectadas com sífilis no mundo todos os anos, o que afeta 2 milhões de grávidas. Um quarto desses bebês nasce com baixo peso ou com infecções, o que pode levar à morte rapidamente. A sífilis também pode causar surdez, problemas neurológicos e deformidades nos recém-nascidos.

veja também