Crianças que praticam esportes correm o risco de se tornarem obesas

Crianças que praticam esportes correm o risco de se tornarem obesas

Atualizado: Quarta-feira, 21 Setembro de 2011 as 10:37

A prática de atividades físicas é extremamente importante para crianças e adolescentes. Porém, até mesmo pessoas nessa faixa etária que praticam esportes correm risco de desenvolverem obesidade.

Um dos motivos que pode explicar essa relação é o ambiente onde as crianças se exercitam que muitas vezes está repleto de opções de alimentação que não são saudáveis e que favorecem o ganho de peso, até mesmo em crianças ativas.

Toben Nelson, epidemiologista da Universidade do Minnesota (EUA), explica que “o ambiente alimentar em esportes juvenis são uma das coisas que promovem muitos dos tipos de comida que têm mais chances de fazer com que as crianças se tornem obesas”.

Outros exemplos que situações que favorecem a obesidade são a forma como a comida pode ser usada como recompensas em esportes e como pais podem escolher comprar lanches pouco saudáveis para os filhos por não terem o tempo de prepararem a comida com mais cuidado.

Outro problema é que o treino pode não ser tão ativo quanto o esperado. “Jovens que participam de esportes têm maiores probabilidades de serem fisicamente ativos. Mas eles não são tão ativos como alguns pais podem achar que eles são. Em uma hora de treino, as crianças só estão realmente tento cerca de 30 minutos de atividade física moderada ou vigorosa. A outra parte do tempo eles estão parados”, explica Nelson.

Uma forma de contornar essa situação é que pais e treinadores dialoguem quanto às limitações do treino e melhores opções de alimentação para as crianças. A consulta de um nutricionista também é indicada.

veja também