Cuidados ao se exercitar no calor

Cuidados ao se exercitar no calor

Atualizado: Quinta-feira, 2 Dezembro de 2010 as 9:11

O verão exige cuidados durante a prática de atividade física. Se a temperatura corporal subir demais pode haver encrenca: cáibra, fraqueza, tontura, desmaio… Fazendo a coisa certa, nada disso acontece.

Cãibras: a perda de sais minerais na transpiração perturba o chamado equilíbrio eletrolítico, que garante o bom funcionamento dos músculos. Daí surgem os espasmos, mais frequentes no abdômen e na panturrilha (batata da perna).

Síncope: na falta de bons goles de água ou suco para reforçar a hidratação, o volume de sangue diminui. A pressão arterial cai, gerando fraqueza generalizada, tontura, palidez e desmaio.

Exaustão: se o volume sanguíneo cai demais, o sistema cardiovascular não consegue garantir o fluxo de sangue para todo o corpo e entra em pane. As células em geral ficam desidratadas, o que provoca descoordenação, vertigem, dor de cabeça, náuseas e vômito.

Choque térmico: se a desidratação é intensa, o suor diminui e a pele fica seca e quente. A temperatura ultrapassa os 39°C e danifica os mecanismos termorreguladores. Há risco de morte.

veja também