Cuidados para evitar o câncer de laringe

Cuidados para evitar o câncer de laringe

Atualizado: Terça-feira, 15 Abril de 2008 as 12

A laringe é um órgão fibromuscular, situado entre a traquéia e a base da língua, revestida por membranas que dão origem as cordas vocais. Por isso ela é tão importante quando se trata sobre o principal meio de comunicação dos seres humanos: a voz. "O uso abusivo das cordas vocais em conjunto com maus hábitos relacionados à saúde, são a grande causa dos problemas desse órgão", explica a oncologista clínica Fabiane Kellem, do Centro Especializado em Oncologia e Hematologia - Ceon, de Brasília.

Atualmente, o Brasil está entre os países que têm as maiores incidências de câncer de laringe, ficando atrás apenas da Índia. A incidência é 15 em cada 100.000 homens e 1,5 em cada 100.000 mulheres, segundo dados do Instituto Nacional do Câncer. De acordo com a oncologista Fabiane, a grande maioria dos pacientes está na faixa etária de 50 a 70 anos, e a neoplasia ocorre com mais freqüência nos homens, na proporção de 6:1. "Professores e cantores têm uma maior probabilidade de desenvolver lesões nas cordas vocais, que na maioria das vezes são benignas. Porém, quando associadas, por exemplo, ao consumo de álcool e tabaco elevam as chances de desenvolver o câncer de laringe. Exposição ao níquel, asbestos, indústrias têxteis e madeireiras também aumentam a taxa de risco", explica.

Mais uma vez, é preciso estar atendo aos sinais que o corpo emite. A rouquidão persistente é o principal sintoma e o diagnóstico não é difícil, realizado através de um exame chamado laringoscopia.

Cuidados especiais - O tratamento dos pacientes com câncer de laringe é multidisciplinar e envolve cirurgia, radioterapia e/ou quimioterapia, dependendo da extensão da doença. Acarreta uma série de seqüelas significativas relacionadas à fonação e deglutição, além de problemas psicológicos e sociais. "Nos pacientes com laringectomia total (retirada do órgão) deve-se estimular a comunicação oral e a deglutição através de profissionais capacitados, podendo ser usado prótese traqueoesofágica, voz esofágica e a laringe eletrônica. Detalhe: o paciente deverá consultar um oncologista a cada três meses nos dois primeiros anos", informa Dra. Fabiane.

Dicas - Eis alguns cuidados que são recomendados para se conservar a voz e evitar problemas nas cordas vocais ou na laringe: não force a voz, seja falando ou cantando; evite gritar ou sussurrar; beba pelo menos oito copos de água por dia; não abuse do álcool e de bebidas e alimentos gelados ou ácidos; e não fume.

Postado por: Claudia Moraes

veja também