Cuide bem do seu coração

Cuide bem do seu coração

Atualizado: Quarta-feira, 30 Janeiro de 2008 as 12

Com coisa séria não se brinca. E, no que diz respeito às pessoas, um dos principais exemplos é o coração. É impossível atravessar a vida sem a certeza de que esta parte fundamental esteja sendo bem cuidada.

As pessoas, de fato, tendem a "esquecer" do órgão e acabam tendo problemas que, do mesmo jeito, passam despercebidos. "As doenças cardiovasculares mais comuns, que são a hipertensão arterial e a doença arterial coronariana, são silenciosas na maioria dos pacientes", alerta o cardiologista José Kawazoe Lazzoli, especialista em Medicina do Esporte pela Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBME).

Evite problemas

Os maiores erros, no que diz respeito ao coração, estão ligados a fatores da vida moderna, afirma o cardiologista. Questões como: "estresse, alimentação incorreta, falta de exercícios físicos e aumento de peso. Isso, sem falar na falta de controle das taxas de açúcar (glicose) e colesterol no sangue, dos níveis de pressão arterial, e nos hábitos inadequados, como o fumo", completa.

E até o inofensivo sono, quem diria, muitas vezes, significa problemas. Pesquisa recente mostrou que dormir demais ou de menos pode ser prejudicial para o coração. "A quantidade ideal de sono é muito variável de um indivíduo para o outro. Dormir bem é muito importante, pois um período de repouso é fundamental para a recuperação do organismo. A prática de exercícios também ajuda a regular o sono", diz Lazzoli.

Sem sedentarismo

Os cuidados e a conscientização em relação ao coração devem começar desde cedo, obrigação de pais para filhos. "As crianças devem ser educadas a se alimentarem de forma saudável, a cuidarem da saúde e a adotarem formas ativas de lazer e brincadeiras, dando preferência para atividades físicas em vez de formas do lazer mais parado, como televisão, filmes e jogos de computador", orienta o cardiologista.

O sedentarismo é, de fato, uma das maiores preocupações de especialistas quando se fala em saúde do coração. "É tão perigoso quanto fumar e não controlar a pressão alta ou o colesterol", afirma Lazzoli. O médico incentiva a mudança: "uma atitude positiva na vida é benéfica e sempre ajuda".

Deixar de ser sedentário não é nada difícil. "Quando o objetivo é saúde, as pessoas podem se dar ao luxo de escolher as atividades que mais gostam", diz o especialista. "Mas, quem está sedentário há muito tempo deve começar a praticar exercícios após uma avaliação médica e sob orientação de um profissional de educação física", completa.

Boa alimentação

Por fim, cuidar bem do coração significa ter uma alimentação adequada. Lazzoli recomenda a Dieta Mediterrânea, que contém:

- Vegetais à vontade, frutas frescas, saladas e alho;

- Óleos vegetais, incluindo oliva e canola;

- Cereais integrais;

- Peixes;

- Pouco sal.

Alimentação, exercícios, distância do estresse, sono regulado, são todos fatores do dia-a-dia e que podem ser facilmente controlados em benefício do coração. "Lembro-me de uma frase que li em certa ocasião, que dizia: ?Se eu não cuidar do meu corpo, onde é que vou viver??. E, no que diz respeito ao coração é assim, a melhor estratégia é a prevenção", finaliza o cardiologista.

Postado por: Claudia Moraes

veja também